quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - PRAIA DE FARO - 02-03-2018

Evento: 239º
Data: 02.03.2018 às 20H30
Local: Ilha de Faro
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: No estacionamento à saída da ponte na Ilha de Faro
Latitude: 37° 0'28.90"N
Longitude: 7°59'41.93"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Trajecto no GPSies:
8km
10km
Vai haver 2 percursos de 8km e 10km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos NÃO VÃO estar sinalizados.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - MONCHIQUE - 04-03-2018

Coincide com a Feira dos Enchidos de Monchique. Transcrevemos comunicado do Sector de Desporto e Juventude da Câmara Municipal:
"No próximo dia 4 de março, o Município de Monchique organiza a marcha-corrida inserida no programa nacional de marcha corrida/calendário regional do Algarve época 2017/2018, atividade que acontece em paralelo com a Feira dos Enchidos (3 e 4 de março).

A marcha-corrida terá dois percursos, 5 e 10 km, a concentração será nas Piscinas Municipais pelas 9h30 e o início às 10h00.

Aceite o convite. Venha participar e fique para a festa. 

Banhos disponíveis nas piscinas municipais (obrigatório indicar esta opção no ato de inscrição). 
Inscrições/informações: emanuel.varela@cm-monchique.pt | tel:282910234 (Piscinas Municipais)
A Marcha-corrida conta com a parceria do IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, Programa Nacional de Marcha e Corrida e Plano Nacional de Ética no Desporto e com o apoio dos Bombeiros Voluntários de Monchique, GNR, Águas de Monchique, EPV Seguros.
Agradecemos a v/ melhor colaboração para a divulgação.
LINKS
SETOR DE DESPORTO E JUVENTUDE
Tlm: 927244460
Tel: 282 910 234 (Piscinas Municipais)

E-mail:emanuel.varela@cm-monchique.pt"


25a Feira dos Enchidos de Monchique 3 e 4 de março de 2018



Programa da Feira
Dia 3
10h00 - Abertura da Feira e Recção aos expositores
10h00-22h00 - Oficinas para crianças no Espaço “Bolota”
-“ Porquinho, porquinho, deixa-me entrar!” - Oficina de construção de livros instantâneos 
- “Porco Rosa, Porco espinho, Porco Preto, Javali” - Oficina de modelagem de barro
- “Segredos da floresta” - Oficina de feltragem de lã”
- Tear da Natureza - atividade lúdica e criativa
10h00-22h00 - Espaço “Tradições”
- Exposição sobre o processo tradicional de produção de enchidos
- “Encontros que a memória guarda” - Conversas com a Academia Sénior de Monchique
- Área participativa sobre os vários tipos de enchidos, suas especificidades e sugestão de consumo
Espaço “Inovação”
- 10h00-22h00 - Exposição e demonstração - Apresentações de ideias de negócio:
- 11h/ 13h/15h/17h/19h - “Como inovar? Enchidos com polpa de cereja” pela Salsicharia da Covilhã
- 12h/14h/16h/18h/20h - “Enchidos e costura criativa? - Como interligar produtos?” pela Lili Aidinha
- Espaço Gourmet: degustações pelos expositores
10h00 - 23h00 - Praça Sabores
Zona de restauração com produtos locais
-11h00 - Abertura oficial da 25a Feira dos Enchidos de Monchique pelo Presidente da Câmara Municipal de Monchique, Dr. Rui André
Visita aos produtores e expositores
-12h00 - Laboratório de Cozinha - Partilha de Saberes e Sabores, pelo Chef Mito Almeida Colaboração: ACPA - Associação de Cozinheiros e Pasteleiros do Algarve
-15h00 - Fado com Cláudia Leal
-16h30 - Fado com Adriana Marques – Apresentação do CD “Simplesmente”
Sessão de Autógrafos
-18h00 - Stand Up Comedy com Miguel Costa
-19h30 - Atuação do Grupo “Atar e pôr ao fumeiro”
-21h30 - Rouxinol Faduncho
-23h00 - Encerramento da Feira
Dia 4
-10h00 - Abertura da Feira
-10h00-21h00 - Oficinas para crianças no Espaço “Bolota”
-“ Porquinho, porquinho, deixa-me entrar!” - Oficina de construção de livros instantâneos - “Porco Rosa, Porco espinho, Porco Preto, Javali” - Oficina de modelagem de barro
- “Segredos da floresta” - Oficina de feltragem de lã”
- Tear da Natureza - atividade lúdica e criativa
-10h00-21h00 - Espaço “Tradições”
- Exposição sobre o processo tradicional de produção de enchidos
- “Encontros que a memória guarda” – Conversas com a Academia Sénior de Monchique - Área participativa sobre os vários tipos de enchidos, suas especificidades e sugestão de consumo
-Espaço “Inovação”
- 10h00-21h00 - Exposição e demonstração - Apresentações de ideias de negócio:
- 11h/ 13h/15h/17h/19h - “Como inovar? Enchidos com polpa de cereja” pela
Salsicharia da Covilhã
- 12h/14h/16h/18h/20h - “Enchidos e costura criativa? - Como interligar produtos?” pela Lili Aidinha
- Espaço Gourmet: degustações pelos expositores » 10h00 - 21h00 - Praça Sabores
Zona de restauração com produtos locais
-11h00 - Entrega de prémios aos expositores pelo Presidente da Câmara Municipal de Monchique, Dr Rui André
Intervenção Comemorativa dos 25 Anos da Feira dos Enchidos
-12h00 - Demonstração pela Academia de Karaté de Monchique » 12h30 - 20h00 - Programa TVI “Somos Portugal”
-13h00 - Laboratório de Cozinha - Partilha de Saberes e Sabores, pelo Chef Virgílio Machado Colaboração: ACPA - Associação de Cozinheiros e Pasteleiros do Algarve
-21h00 - Encerramento da Feira
A decorrer durante a Feira dos Enchidos a Mostra Gastronómica pelos Restaurantes aderentes.

domingo, 25 de fevereiro de 2018

MARCHA DE QUELFES - PINHEIROS DE MARIM - 25-02-2018

A Freguesia de Quelfes tem algo de original. É que os seus limites são um pouco estranhos. O limite sul da freguesia á a estrada 125 e a seguir ao desvio para a sede da freguesia, ela estende-se até ao mar apanhando parte da ilha da Armona. De tal forma estranho que a própria cidade de Olhão se encontra em parte nessa freguesia. E aqui está a explicação da realização desta marcha de Quelfes nos Pinhais de Marim que muitos pensariam situar-se na freguesia de Olhão. 
Foi uma marcha muito bem organizada com o dedo sabedor de um residente de Olhão mas na parte pertencente à freguesia organizadora, o Helder Oliveira. A alteração do local de concentração pode ter causado alguns problemas a quem não acompanha as redes sociais, mas o propositado atraso dado na partida permitiu que quem foi até Quelfes pudesse ainda chegar a tempo aos Pinheiros de Marim. E tal alteração até foi benéfica tal a paisagem que nos foi dado contemplar.
Presentes autocarros de Albufeira, Aljezur, Faro, Monchique, Portimão e a habitual Junta de Freguesia de Porches.
Fotos AQUI.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 21-02-2018

REFLEXÕES DO ANTÓNIO SANTOS:
"Continua a estar na moda, embora com algum decréscimo de participantes, as caminhadas/corridas noturnas… Isto é o que tenho verificado este inverno em relação ao inverno anterior, praticamente em todos os grupos informais do Algarve, mas esta noite, talvez fruto de uma ligeira melhoria do tempo, a rampa do Teatro das Figuras voltou a ficar “inundada” de amantes apaixonados pelo “Pegadas” de Faro, que parece ser exceção à regra, por isso, estamos todos contentes.
Se gosta de caminhar, mas ainda não se atreveu a vir ter com “Faro, Pegadas à 4ª Feira”, percorrer uma mata encantada durante a noite, percorrer os trilhos do “diabo”, descer aos confins do “Pequeno Quénia”, subir ao cerro do Malhão, ir conhecer a “torre de pisa”, percorrer a avenida da Quinta do Lago, percorrer o Trilho de San Lorenzo, bem como os magníficos campos de Golf, cheirar a relva do Biogal, percorrer os encantos do Ludo, do Ramalhete, percorrer algumas artérias da nossa cidade de Faro, o Passeio Ribeirinho, etc, etc. a horas “impróprias”, ouvir o Trinitá no centro de uma mata, mas ainda uma maior “doidice”, beber um copo de vinho branco “Planalto” gelado em pleno verão nos planaltos das Gambelas, onde as raposas começam a aparecer durante a noite, ou a assistir ao nascer da lua em pleno coração da Ria Formosa, à mais alegre caminhada do “apita o comboio”, está na hora de aparecer neste grupo informal, porque ainda há muito mais para mostrar, assim vocês o queiram e eu tenha saúde e força para vos presentear com estas caminhadas/corridas. Um esforço também do “Secretário” Carlos Pereira, mais recentemente, da Paula Nascimento, da Alcina Nunes, do Jorge Lopes, do Osvaldo Serro e de outros.
Obrigado Jorge Lopes pela reportagem fotográfica e a todos os que hoje compareceram.
Faro, Pegadas à 4ª Feira
António Manuel Santos".

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - TÔR - 23-02-2018

Evento: 238º
Data: 23.02.2018
Local: Tôr, Loulé
Grau dificuldade: MÉDIO
Ponto de encontro: Na Sociedade Recreativa Torense. 
Latitude: 37°11'35.47"N
Longitude: 8° 1'53.13"W
Luz: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Vai haver 1 percurso de 10km com grau de dificuldade MÉDIO em termos de acumulado de subida
Os percursos vão estar sinalizados com sticks reflectores ou placas. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto. Mas é FUNDAMENTAL levar luz, já que esta sinalização só é visível de noite se tiver uma luz a incidir para poder ser reflectida.
Aquilo que se solicita é que se formem vários grupos, em função dos andamentos, mas que TODOS corram ou caminhem sempre acompanhados. ISTO É FUNDAMENTAL!
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Os percursos passam em algumas zonas de estrada sem berma, mas com pouco ou nenhum trânsito. Mesmo assim é FUNDAMENTAL seguir no sentido contrário do trânsito e levar um colete reflector. Pensem na vossa segurança;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - PARQUE DE LAZER DE MARIM - 25-02-2018




Em virtude da realização da feira de Quelfes no local inicialmente previsto para a realização da marcha, a Junta de Freguesia resolveu alterar o local de concentração, possibilitando assim estacionamento a autocarros e automóveis o que não se verificaria se houvesse simultaneidade dos eventos.
Assim a concentração será efectuada, igualmente na área da Junta de Freguesia mas num local muito agradável, o Parque de Lazer de Marim. 
Onde fica? à saída de Olhão, sentido Tavira, há placa a indicar Ria Formosa e Campismo junto à bomba de gasolina da Cepsa. Estacionar aí e seguir a pé até ao local de concentração dentro do parque. 
A Junta de Freguesia vai colocar cartazes na 125 a indicar a forma mais fácil de lá chegar. 
Coordenadas: 37º02'14.17 e 7º49'06.35.

domingo, 18 de fevereiro de 2018

MARCHA DE SILVES - MARCHA DOS NAMORADOS - 18-02-2018

Aliar a organização de uma marcha com a realização de um evento festivo ou económico de uma região, revela imaginação e preocupação com o desenvolvimento económico da mesma. Sabemos que o IPDJ está sensível a essas coincidências e que privilegia sempre a realização de uma marcha que coincida com eventos importantes para a região. É assim em Vaqueiros, com a Feira do Pão Quente e Queijo Fresco, em Martinlongo com a Festa da Prediz, em Monchique  e hoje , em Silves com a 2ª Mostra Silves Capital da Laranja. 
Além de uma marcha/corrida excelentemente organizada, de um percurso pequeno algo citadino, com passagem pelos locais emblemáticos da cidade, de um percurso maior com uma incursão pelo exterior igualmente belo, sempre com o castelo à vista, ainda tivemos o apoteótico final na Fissul, Pavilhão de Feiras e Exposições de Silves.
E por ali ficámos, com pena do regresso, por ali almoçámos e ainda tivemos tempo de assistir à tarde à apresentação e distribuição da maior torta de laranja, com 10 metros (pareceu-me um pouco mais), que nos foi dado assistir nos curtos 70 anos da nossa vida. 
Dia bem agradável.
Presentes autocarros de Albufeira, Aljezur, Faro, Loulé, Olhão, São Brás de Alportel e do anfitrião, Silves.
Fotos AQUI.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

FARO, PEGADAS À 4ªFEIRA/QUARTEIRA NIGHT RUNNERS - 14-02-2018

Em dia de namorados ainda houve alguns que se estiveram "borrifando" para o dia do abade Valentim e para o consumismo que este tipo de dias comportam. Atribuir um dia em 365 para comemorar o amor é um insulto a quem ama. A fracção de numerador 1 e denominador 365, representa, se fosse real, um mundo em que o namoro está reduzido a uma ínfima parte da vida de um ser humano. Seria como se, se vivêssemos 365 anos, só teríamos direito a 1 ano de felicidade, se vivermos 80 anos teríamos 2 meses e pouco de amor. Parca miséria a que nos remete este tipo de comemorações. 
Assim uns poucos foram até Quarteira visitar o simpático grupo dos Quarteira Night Runners e assistir ao tradicional enterro do entrudo, cerimónia também ela pouco imaginativa, provocadora de um sorriso amarelado, na presença rasca de um falo e de uns gritinhos histéricos e frases pseudo eróticas e um testamento de paupérrima imaginação. A diminuta presença de pessoas são reflexo de um modelo ultrapassado e requentado. Mas tradições são tradições e antes esta do que nada. Valeu o mini fogo de artifício que, por segundos, espicaçou a vil tristeza a que assistimos.
Obrigado pela recepção Quarteira Night Runners, pela festa final, pelo aniversário do António, pela união de dois grupos, pelo percurso, pela amizade. 
Fotos AQUI (incluindo o famigerado enterro).

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - SILVES - 18-02-2018

Domingo, em Silves, festejemos o dia dos namorados. É a 22ª marcha do calendário regional de 2017/2018.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - ENTERRO DO ENTRUDO - QUARTEIRA - 14-02-2018

1 - FICHA TÉCNICA:
2 - CONCENTRAÇÃO: Quarteira - Praça do Mar, (junto ao calçadão) às 20.30 h do dia 14 de Fevereiro
3 - PERCURSO: Da responsabilidade do grupo Quarteira Night Runners (Quarteira - Vilamoura!)
4 - POR ONDE VAMOS PASSAR: 
Se tudo correr como o esperado, vamos assistir ao enterro do entrudo, bem engraçado.
5 - Percurso em princípio não sinalizado.
6 - CONDIÇÃO OBRIGATÓRIA: Levar luz para ver o percurso;
7 - GRAU DE DIFICULDADE: Fácil;
8 - A QUEM SE DESTINA: A todos as pessoas que tenham mobilidade e capacidade para caminhar ou correr e é aberto a todos/as que queiram participar;
9 - CUSTO DO EVENTO: Evento gratuito;
10 - RESPONSABILIDADE: A responsabilidade por quaisquer acidentes pessoais é do respetivo utente;
11 - QUEM SOMOS: Somos um grupo aberto, informal e espontâneo, onde muitas pessoas se juntam para caminhar e correr às quartas-feiras à noite. Não somos nenhuma Associação, nem estamos ligados a quaisquer Entidades Públicas ou Privadas.
(António Santos)

CORRIDAS À 6ª FEIRA - CAMPESINO RFC - MONTE FRANCISCO - 16-02-2018

Evento: 237º
Data: 16.02.2018 às 20H30
Local: Monte Francisco, Castro Marim
Grau dificuldade: MÉDIO
Ponto de encontro: Junto à sede do Campesino R.F.C. Ao entrar em Monte Francisco, virar à esquerda na primeira rotunda e estacionar junto da rotunda seguinte.  
Latitude: 37°13'59.93"N
Longitude: 7°27'3.12"W
Luz: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Percursos: 12km e 8km
- A título excepcional, iremos ter abastecimento a meio do percurso grande (mais informações em breve)
Vai haver 2 percursos, de 8km e 12km, com grau de dificuldade MÉDIO em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
O percurso passa em trilhos sem carros, pelo que o uso de colete refletor é dispensável.
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 11 de fevereiro de 2018

MARCHA DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL - 11-02-2018

São Brás de Alportel, nesta marcha de carnaval, que realiza sempre nesta quadra, tem por hábito, diversificar o local de concentração, mostrando, assim, o que o concelho tem de mais belo. Hoje foi um desses dias. A Fonte Férrea é um local emblemático do concelho, apesar da ausência da água que já deveria correr, abundantemente, pela ribeira, justificando o nome que o local ostenta. Bem avisada andou a Câmara nesta escolha. Mas como a excelência total não existe, nem se pretende que nestes casos exista, há sempre algo que impede os tais 20 valores que esta marcha mereceria. A íngreme subida logo a seguir à partida, não é muito aconselhável, especialmente se pensarmos que a média de idades dos nossos marchantes não é em nada semelhante à média de idades dos participantes dos grupos informais de marcha/corrida. Subidas existem em quantidade por todo o Algarve e até são benéficas para os corações dos nossos "meninos", mas devidamente doseadas e colocadas (um ou mais quilómetros depois da partida).
Se retirarmos este pequeno pormenor (que fez voltar para trás muitos) foi uma marcha perfeita, onde não faltou a habitual representação, muito colorida, da bailarina mais sexi do concelho (grande Pedro, mais uma vez vez parabéns pela imaginação e alegria que transmites) e no final um chá bem quente e uma fatia de folar bem saborosa.
Presentes autocarros de Albufeira, Faro, Lagoa, Lagos, Monchique, São Brás de Alportel, Vila do Bispo e JF de Porches.
Fotos AQUI.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - FONTE FÉRREA - ALPORTEL - 11-02-2018


A próxima marcha do calendário regional tem concentração na Fonte Férrea a norte de Alportel. 
Retirámos do Portal de Turismo do Algarve a seguinte explicação:
"O Parque da Fonte Férrea, localizado a norte de São Brás de Alportel, abrange uma área de terrenos vastamente arborizados, nas margens da ribeira de Alportel, junto à Fonte com água de características férreas. Esta área possui interessantes valores naturais e paisagísticos, constituindo em simultâneo uma agradável zona para lazer e actividades lúdicas, em contacto com a natureza.
Espaços que integram o Parque:
- Zonas de estacionamento 
- Centro de apoio ao Parque (com espaço para exposições de temática ambiental, apoio didáctico e sanitários). 
- Espaços de observação da natureza (com painéis e placas de informação sobre os valores naturais)
- Zona de passeio, lazer, espectáculos e merendas (junto à Fonte Férrea)
- Zona de Passeio e Lazer na Fonte Antiga"
Estamos a prever uma marcha belíssima, quer pela zona onde nos concentraremos, quer pelos percursos por onde iremos passar. 
Bem avisada andou a Câmara Municipal de São Brás de Alportel em nos levar a tão emblemático local.
Como chegar: direcção ao cruzamento de Alportel, a norte de S. Brás, continuar pela EN2 até encontrar uma placa à direita que indica "Fonte Férrea". 
Ver mapa aqui:
 

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - MARCHA DO CARNAVAL - LOULÉ - 09-02-2018


Evento: 236º
Data: 09.02.2018
Local: Loulé
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: Junto à CM de Loulé (ao lado do Mercado)
Latitude: 37° 8'20.51"N
Longitude: 8° 1'20.52"W
Luz: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
MÁSCARAS
Todos os participantes estão convidados a aparecerem mascarados. Irá haver um prémio para as 3 melhores máscaras, individuais ou de grupo.
Vai haver 1 percurso de 10km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
O percurso VAI ESTAR sinalizado nos cruzamentos com placas ou sticks reflectores.  
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Grande parte do percurso desenrola-se em zona iluminada, porém, há passagem em pequenos troços não iluminados, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
O percurso será praticamente todo em área urbana com circulação automóvel condicionada, pelo que, o uso de colete refletor será DISPENSÁVEL;
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 4 de fevereiro de 2018

MARCHA DE CASTRO MARIM - 04-02-2018

Em Castro Marim, foi o percurso alternativo já que o Sapal de Castro Marim e Vila Real de Sto António não garante, por diversos  motivos, a passagem de grupo tão grande de pessoas. Como as alternativas não são muitas, talvez fosse de equacionar locais de concentração diferentes. Porque não em Monte Francisco? (claro que não sabemos se tal é possível). É que o percurso menor de 3,5 km, é demasiado pequeno e não satisfaz os marchantes. O Jorge, técnico de desporto da Câmara, disse-nos que iria estudar da viabilidade de uma passagem pelo castelo aumentando assim a quilometragem. Aguardemos a marcha de 2019.
Foi uma marcha bem organizada com a habitual recepção simpática de chá e bolachas. 
Presentes autocarros de Albufeira, Alcoutim, Loulé, São Brás de Alportel, Silves, Olhão, Portimão, Tavira e Junta de Freguesia de Porches.
Fotos AQUI.

sábado, 3 de fevereiro de 2018

RUN ECO TEAM ALGARVE - 03-02-2018

OS VELHOS DO RESTELO
Em "Os Lusíadas" Luis de Camões, premonitório, no canto IV introduz a figura do velho do Restelo, simbolizando nele a descrença, a negação ao progresso, a rejeição de ideias inovadoras e o pessimismo. O velho do Restelo insultava os marinheiros, que iam partir para a India, prognosticando desgraças enormes que atingiriam eles próprios e o próprio povo português. Luís de Camões ao introduzir esta figura, pessimista e avessa ao progresso, quis trazer a lume o que sempre acontece quando alguém tenta fazer algo inovador e que vai contra os cânones estabelecidos. 
Na jornada de hoje, com origem em França e penetração no Algarve pela mão do embaixador para Portugal, Deni Vargues, também apareceram uns velhos do Restelo, velhos caquéticos, cerebralmente anquilosados, felizmente poucos, que procuraram denegrir o movimento Run Eco Team e a sua finalidade primeira de alerta de mentalidades e respeito pelo meio ambiente. As palavras desprimorosas versus o resultado hoje conseguido por todo o Algarve com a mobilização de dezenas de grupos e centenas de pessoas, deixou os velhos a falar sozinhos. 
A viagem à India realizou-se e, salvo as devidas proporções, a jornada do Run Eco Team também. E o enorme sucesso de hoje deixou-nos a certeza que ninguém vos ouve velhos, muito velhos do Restelo, de Faro, Olhão, São Brás, Albufeira, Loulé e muitas  outras localidades do Algarve que disseram presente a esta iniciativa de preservação do meio ambiente. 
Os nossos parabéns vão inteirinhos para quem hoje, em dia muito frio, saiu de casa para apanhar lixo e deixar as nossas terras um pouco mais limpas. 
Os nossos votos são contra o imobilismo, o desleixo, as mentalidades retrógradas, contra os velhos caquéticos, muito velhos, que nunca fizeram nada de inovador nas suas vidas e que só sabem criticar quem procura alterar os maus hábitos arreigados desde tempos imemoriais. 
Run Eco Team Algarve continua por favor que tens equipa que te ajudará.
Fotografámos a jornada da nossa terra (Faro) e no local onde residimos (Montenegro) e as fotos estão AQUI.

CORRIDAS À 6ª FEIRA - PARRAGIL - 02-02-2018

Noite gélida. Percurso de grau de dificuldade elevado, de uma beleza simplesmente fantástica, com grande parte debruçado sobre a costa algarvia, com Faro, Vilamoura, Albufeira e lá ao longe a serra de Monchique. Organização excelente. No final um repasto onde nunca faltou as sandes de queijo e fiambre, as clementinas e um delicioso chá bem quente para minimizar os efeitos dos diminutos graus que os termómetros marcavam. Bela iniciativa do José Maria Casanova, que se ofereceu para completar uma vaga, de última hora, do calendário do Corridas. E que bem que fez, bem secundado pelo Sérgio, Ilídio e Vicélio. Fica-nos na lembrança esta noite fantástica. 
No final ainda houve tempo para beber um champanhe e comer um delicioso bolo de aniversário que homenageava as Paulas aniversariantes (a Nascimento e a Santos).
Um obrigado especial ao Sérgio que, mais uma vez, nos transportou, o que permitiu o álbum de fotos que pode ser visto AQUI.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

PEGADAS À 4ª FEIRA - 31-01-2018

A saga continua. Não é bem a saga "The Twilight Zone" mas uma bem mais real, bem mais divertida, sem cenas de outras dimensões nem fantasmagóricas.
O Pegadas continua com os pés bem assentes na terra, com uma frequência bem interessante, com uma pujança digna de nota. Hoje deixámos Montenegro no meio, rodeamos a localidade, fizemos a nossa viagem de circum-navegação, sem descobrir novas terras nem novas gentes, mas mantendo o povo Pegadas bem unido e que jamais será vencido. Também descobrimos o que anda a germinar na cabeça do líder. Vêm aí novidades que, a confirmarem-se, serão um caso jamais visto em todos os grupos informais de marcha/corrida. Mas estamos debaixo de promessa de sigilo e não podemos acrescentar mais nada, até porque compete ao líder a decisão das comunicações que interessem ao grupo.
Vejam as fotos AQUI.