domingo, 20 de janeiro de 2019

MARCHA DO CHINICATO - 20-01-2019

O clima ajudou e numa manhã de sol radiante e de temperatura excelente para a prática do exercício físico, a Junta de Freguesia de São Gonçalo de Lagos realizou uma boa marcha/corrida. Num percurso, com uma percentagem relevante de algum alcatrão, foi agradável e fácil. 
Presentes 11 autarquias e 12 autocarros (Loulé, como habitualmente, envia 2).
Lista das presenças: Albufeira, Aljezur, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, Silves e Tavira.
As fotos estão AQUI.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

CORRIDAS À 6ª FEIRA - GAMBELAS - 18-01-2019

De Camões a J.R.R. Tolkien, do Luís ao Osvaldo
"Que um fraco Rei faz fraca a forte gente" (Camões)
No Corridas não é assim, um Rei forte é substituído por outro Rei forte e aquela que era já uma forte gente vai continuar a ser forte. E o Corridas continuará, por mares já navegados ou não, passar ainda além da Taprobana, sem perigos nem guerras esforçados  e sem mais do que prometia a força humana.
Pobre Camões, serves para tudo, para todo o tipo de trocadilhos. 
Pois é, ainda não chegou a altura de "matar" o produto. Houve um "restiling", uma substituição normal, um "refresh", mas a vida continua igualmente forte com a forte gente. 
Houve uma substituição normal, uma passagem de testemunho normal, uma transmissão de poderes bem feita, sem necessidade de golpes palacianos nem moções de confiança. Há Montenegro no concelho de Faro, não há Montenegros no Corridas. Enfim, uma mudança de governança, sem alteração de processos e debaixo do guarda chuva daquele que foi o grande obreiro, o timoneiro, o homem que não esqueceremos, pelo que fez ao longo de 5 anos, alterando o panorama do exercício físico no Algarve.
Com a entrega do anel ao nosso Frodo Baggins, com a fidelidade de todos os Samwise e a protecção mágica do Gandalf, o Branco, esperemos que a luta contra Sauron saia vencedora e que a Terra Média seja palco das actividades pacíficos dos Elfos, Anões e Hobbits. Mantenhamos o Corridas naquilo que já era, um grupo informal, exclusivamente de marchas/corrida, com a nova liderança do Frodo Serro, o excelentíssimo, e que nunca apareça nenhum Sauron ou Gollum a tentar roubar o Anel Mágico. Mágicos somos todos, na nossa simplicidade e vontade de continuar esta gesta iniciada pelo nosso inesquecível Bilbo, o primeiro portador do anel, o Santos.
A marcha de hoje andou pela Terra Média, na floresta de Fangorn, ali para os lados das Gambelas, em marcações irrepreensíveis do Osvaldo, do Ilídio e do António Santos. Os Ents viram passar 230 Elfos e não interferiram com a invasão sabendo o quão respeitamos o ambiente e a saúde física. 
Os votos que te mantenhas firme, como Frodo ou como um Serro, que já és, na condução da jornada rumo ao  destino final na Montanha da Perdição onde nunca o Corridas se perderá.
E no final "O Cavaleiro" tinha bifanas à nossa espera e com elas e as imperiais demos de beber à dor que, depois de 11 km, os "calcantes" já guinchavam.
Fotos AQUI.
Uffffffff!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 16-01-2019

PANEGÍRICO A UM HOMEM
No evento desta noite, ouvindo e olhando para o António Santos comunicando com todos, numa noite gélida, mas muito quente pela enorme massa humana que frequenta o Pegadas à 4ª Feira (hoje 149), demos connosco a pensar que este homem e a importância que tem no panorama do exercício físico na nossa cidade, passa incógnito como se o seu trabalho fosse coisa de somenos.
No final de cada ano é um hábito, com laivos de, por vezes, muita injustiça, em distinguir as figuras do ano nas mais diversas actividades.
No final do ano de 2018, apeteceu-nos nomear algumas figuras que se distinguiram naquilo que nos interessa, as marchas/corrida. Como não quisemos ir atrás do rebanho correndo o risco de algum esquecimento ou diluir a nossa opinião no meio de tanta estatística e de tanta gente importante merecedora, ou não, dessas distinções, ficámos calados. Agora que a poeira assentou permitam-nos distinguir uma só pessoa que para nós sobressaiu entre os valorosos lideres dos grupos informais de marcha/corrida e os voluntários que contribuíram para muitas realizações, em muitas noites de sucesso e todos eles merecedores dos nossos encómios e aplausos.  
Coloco no topo de tantos dignos entusiastas, aquele que foi simultaneamente líder do grupo com maior crescimento no Algarve, realizador, produtor, descobridor de percursos, homem de imaginação fértil, capacidade de colocar no terreno o que imagina, mobilizador de pessoas.  
Todas estas qualidades o ANTÓNIO SANTOS evidenciou ao longo do ano. 
O António fez do Pegadas aquilo que é hoje, o maior grupo informal de marcha/corrida do Algarve sedeado numa só localidade. Foi graças ao António que o grupo não desapareceu. É pelo seu voluntarismo, dedicação, imaginação que o crescimento do Pegadas tem sido constante e sustentado. Foi ele que colocou o Pegadas debaixo dos holofotes das forças vivas que governam a cidade de Faro. Foi o Pegadas que o actual Director do IPDJ visitou, dando-lhe um caracter quase oficial ao reconhecer a importância do grupo. É ele que, além de organizar os eventos das 4ªs feiras, ainda se dispõe a ajudar e organizar eventos do Corridas à 6ª Feira desse também grande nome, o Luís Santos, agora retirado mas deixando a herança a outra grande figura, o Osvaldo. É ele que calcorreia montes e vales descobrindo itinerários desconhecidos e nunca dantes percorridos. Pelo seu ecletismo merece ser denominado o faz-tudo das corridas informais.
Todos nós lhe devemos a existência das noites de 4ª feira e alguns dos mais hilariantes eventos que nos foi dado participar, neste já longo percurso em que acompanhamos marchas no Algarve, desde 1992 com o Programa Nacional de Marcha/Corrida e nos últimos anos também com os grupos informais. 
O António Santos merece o nosso respeito, a nossa homenagem e o nosso carinho. A foto ao lado espelha, na sua simplicidade, a gratidão do grupo. O António, as senhoras algumas das mais assíduas, o material de marcação, colocado pelo António hoje e retirado no final do evento.
Por estas razões e por muitas mais ele merece ser considerado o homem do ano 2018. 
Da nossa parte um enormíssimo obrigado. 
As fotos de hoje estão AQUI.

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - CHINICATO (LAGOS) - 20-01-2019

Organização - Junta de Freguesia de S. Gonçalo de Lagos.
Concentração - Edifício Multifunções do Chinicato.
Partida - 10H00
O Edifício Multifunções situa-se ao lado da estrada nacional 125, à entrada do Chinicato, sendo fácil a sua localização.
Se forem pela Via do Infante a saída é a nº 2, placa informativa Odiáxere. Ao chegar à 125 virem à direita, direcção Lagos.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

CORRIDAS À 6ª FEIRA - GAMBELAS/FARO/ECOVIA - 18-01-2019

Evento: 285º

Data: 18.01.2019
Local: Gambelas (Faro)/Ecovia
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: Em frente da entrada principal da Universidade do Algarve, pólo das Gambelas, Faro (ver foto)
Latitude: 37° 2'32.45"N
Longitude: 7°58'15.93"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Vai haver 2 percursos de 8km e 12km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Osvaldo Serro)

domingo, 13 de janeiro de 2019

MARCHA DE CASTRO MARIM - 13-01-2019

A nossa visita a Castro Marim de hoje, foi repleta de agradáveis surpresas. Vejamos: a enorme presença de marchantes, os 12 autocarros presentes e os percursos escolhidos. 
Debrucemo-nos sobre os percursos. Ao contrário do último ano em que não foi permitida a passagem pelo Sapal, este ano tal não aconteceu e foi um deleite para os marchantes do percurso maior. Os menos preparados ou mais preguiçosos, como nós, fizeram o percurso menor. Aí também houve uma alteração que beneficiou extraordinariamente esse percurso. A passagem pelas ruas da vila, pelo Forte de S. Sebastião, pelo Revelim e Ermida de Sto António e pelas vizinhanças da Igreja Matriz, foi algo que deixou os marchantes bem satisfeitos pela excelência do percurso e beleza das vistas. Muito bem esteve a Câmara Municipal nesta organização. Inovou, recebeu-nos condignamente com chá e bolachas e proporcionou-nos um dia que iremos recordar.
Sugerimos, no final, à Vereadora Filomena Sintra e ao nosso amigo Jorge do desporto que, em próxima marcha, seria interessante a passagem pelo interior do castelo. Ficaram de estudar essa hipótese, um pouco difícil de concretizar devido à única porta existente no castelo o que dificulta a entrada e a saída de tantos marchantes. 
Hoje vimos por lá autocarros de Albufeira, Alcoutim, Faro, Lagoa, Loulé (2), Olhão, São Brás de Alportel, Silves (2) e Universidade do Algarve. 
Fotos AQUI.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - CASTRO MARIM - 13-01-2019


Organização - Câmara Municipal de Castro Marim
Concentração - Pavilhão Municipal
Hora de partida - 10H00

Trata-se de uma marcha de grande beleza com provável passagem pela Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Sto António (se tal for autorizado).

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 09-01-2019

Fui espreitar, durante a tarde, o IPMA e as previsões para esta noite. Diziam os manda-chuvas:
"Pequena descida da temperatura máxima no interior das regiões Centro e Sul.

Acentuado arrefecimento noturno".
Alguém sentiu a descida de temperatura? E o acentuado arrefecimento nocturno? Certamente que não. O Pegadas sofre de aquecimento nocturno e não sabe o que é pequena descida da temperatura máxima. O Pegadas anda pelas ruas e campos indiferente às oscilações do clima. O Pegadas é um estado de alma e as almas não têm sensibilidade ao frio e ao calor.
Hoje andaram pela cidade indiferentes a quem lhes passava ao lado, enroupados, de cachecóis enrolados ao pescoço, tapando metade da cabeça, quais burkas adaptadas a um novo costume de um qualquer costureiro, daqueles que vestem os seus modelos de forma que ninguém tem coragem de imitar. Os Pegadas de fato de treino, correndo, marchando mostraram o quanto é saudável fazer exercício físico, faça chuva, faça sol ou faça frio.
Foram 168 (maravilha), incluindo 13 estreias, que ignoraram as previsões de frio. Corajosos? Não. Preocupados com a sua saúde. Sim. Estamos a atingir o ponto onde tudo se curva perante as preocupações com a forma física que se sobrepõem ao desconforto em sair de casa. Simplesmente fantástico.
Fotos AQUI.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

CORRIDAS À 6ª FEIRA - VILA REAL DE STO ANTÓNIO - 11-01-2019

Evento: 284º
Data: 11.01.2019
Local: Vila Real Santo António
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: Em frente do edifício dos Bombeiros Voluntários de Vila Real Santo António
Estacionamento: Junto às Piscinas Municipais de Vila Real de Santo António, que ficam a 200m do local de Partida e Chegada
Latitude: 37°11'30.01"N
Longitude: 7°25'12.84"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Evento Solidário: Sim. Os interessados deverão contribuir com uma peça de roupa (pode se usada) no início da corrida
Vão haver 2 percursos de 7km e 12km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Osvaldo Serro)

domingo, 6 de janeiro de 2019

MARCHA DE ESTOI - 06-01-2019

Foi em Estoi no Largo da Liberdade, em frente aquela escadaria monumental encimada pela sua Igreja Matriz e, tal como tínhamos previsto, fizemos uma passagem intramuros pelo Palácio de Estoi.
Foi uma belíssima marcha, uma organização excelente. Parabéns à Casa do Povo e aos Jograis António Aleixo.
Presentes autocarros de Albufeira, Monchique, Olhão, Silves e Vila do Bispo.
As fotos estão AQUI.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

CORRIDAS À 6ª FEIRA - FUSETA - 04-01-2019

A União de Freguesias Fuseta/Moncarapacho é um parceiro de excelência nestes eventos. O seu Presidente Manuel Carlos é um aficionado do exercício físico adepto da mente sã em corpo são. É vê-lo em inúmeros eventos, demonstrando uma forma física louvável, causando inveja a quem não o consegue acompanhar. Além de atleta convicto e apaixonado é também um organizador de altíssimo gabarito. Hoje, além de marcar o percurso, realizou a corrida perfeita e, no final, tinha à nossa espera o necessário para a recuperação dos corpinhos maltratados pelos 10 km (?) de corrida, bananas, clementinas e águas. Grande, enorme Manuel. 
Foram 163 os que arrostaram com o frio de Janeiro e aqueceram as almas com o calor humano que emana desta gente.
Esta jornada deu início à liderança do grupo pelo Osvaldo Serro. Ao Luís Santos, presente no evento, já tudo ficou dito em publicação anterior. Obrigado Luís por tudo.
Ao Osvaldo os votos de um bom desempenho nos eventos que aí vêem. A manutenção do grupo é fundamental, quer na promoção do exercício físico, quer como grupo charneira e potenciador dos outros grupos localizados em diversos locais do Algarve. 
As fotos de hoje estão no local habitual.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - ESTOI - 06-01-2019

Organização - Casa do Povo de Estoi
Concentração - Largo da Liberdade
Partida - 10H00
É uma marcha muito interessante. É habitual a passagem pelo Palácio de Estoi, sendo esta passagem mais um incentivo para estarmos presentes.
O Palácio de Estoi é o único exemplo do Algarve de estilo rococó. É classificado como imóvel de interesse público e hoje alberga uma pousada de charme.
Outro incentivo é o próprio local de concentração no largo onde se situa a Igreja Matriz de Estoi, ou Igreja de S. Martinho. Apreciar a sua monumental escadaria com a igreja no topo é muito relaxante e agradável.
Lá estaremos.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - VOLTA AO AEROPORTO - 02-01-2019

Pois é, foi mais um evento com um apelo subliminar ao que o 2019 nos pode oferecer. O aeroporto como ponto de referência à marcha/corrida, ou o aeroporto com um local de partidas e chegadas? A vontade de fazer exercício físico, ou um desejo, inconsciente, por alguma viagem à descoberta de novas paragens? É que, sendo este o primeiro evento do ano, poderá o autor da escolha do percurso, querer implantar uma nova tradição. Comer 12 passas à meia noite, bater tampas de tachos, vestir cuecas azuis, deitar fora coisas velhas, beber champanhe, são tradições usuais mas um pouco corriqueiras. Afinal a passagem do ano não passa simplesmente de mais um dia, o último que o calendário gregoriano definiu como término do ano. Mais importante seria comemorarmos as datas dos equinócios e solstícios, datas em que o sol se encontra sobre o Equador (na Primavera e no Outono) ou sobre os Trópicos, de Câncer e Capricórnio (no Inverno e no Verão).
Mas a tradição é assim e viva o Novo Ano. Rodeámos o aeroporto e com 24 horas de atraso, influenciados pelos aviões vizinhos, formulámos um desejo: que o ano de 2019 nos traga algumas partidas (poucas, muito poucas, que as passas, cuecas azuis, tralha velha há por aí muito, mas os "aérios" são cada vez mais escassos) e chegadas ao aeroporto de Faro.
Parabéns António pelo sadismo da escolha. 
A  voltinha decorreu bem já que os outros aeroplanos, os mosquitos, também nesta época viajam, os felizardos, para outras paragens.  
As fotos estão AQUI e os desejos só passam por aí, as fotos. De esperanças vivem os seres humanos até que um dia viajam para um local bem perto, sem envolver aviões, numa carrinha preta, decorada a dourado e as férias serão eternas. Que o ano 2019 fique afastado da beleza dourada desses veículos.
Aproveitem o 2019 como aproveitaram o 2018 e que o Pegadas continue a crescer de forma sustentada assim as mãos do António Santos, a figura do ano 2018, não lhe doam.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

CORRIDAS À 6ª FEIRA - FUSETA/ECOVIA - 04-01-2O19


Evento: 282º
Data: 04.01.2019
Local: Fuzeta
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: No campo polidesportivo, em frente ao Parque de Campismo
Estacionamento: Junto ao Parque de Campismo
Latitude: 37° 3'8.81"N
Longitude: 7°44'36.04"W
Luz: é FUNDAMENTAL(leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Trajecto no GPSies:
Vai haver 1 percurso de 9km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
O percurso vai estar sinalizado nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
O percurso passa em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho.
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho.
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio.
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Osvaldo Serro)

domingo, 30 de dezembro de 2018

MARCHA DE SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES - 30-12-2018

Excelente organização da Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines. Num clima algo frio, mas suportável, numa época festiva entre duas datas que convidam à família e à festa, a Casa do Povo arriscou e ganhou a aposta. Não estariam tantos como é habitual, mas estavam mais do que seria de esperar. Aquecimento pela simpática Cláudia Sousa, orientação geral do Paulo Neves, colaboração de cerca de 20 voluntários, que garantiram um apoio eficiente nas inscrições, no bar, nos três abastecimentos e na distribuição final de uma caixa com um "panettone". Muito simpática a Casa do Povo. Não esperávamos, nem seria necessário tanto. Obrigado.
Presentes autocarros de Albufeira e São Brás de Alportel.
As fotos, já sabem, estão AQUI
O blogue dos marchantes, encerra, por este ano, as actividades e deseja a todos os marchantes e leitores um ano de 2019 repleto de saúde e muitas marchas.

sábado, 29 de dezembro de 2018

SÃO SILVESTRE DE QUARTEIRA - 28-12-2018

A S. Silvestre de Quarteira já se tornou uma prova obrigatória no panorama desportivo do Algarve. A evidência da importância desta corrida é a crescente participação que se nota de ano para ano.
A Free Challenge e os Quarteira Night Runners, estão de parabéns pela excelente organização. Enquanto prova desportiva tudo esteve perfeito. No entanto, na nossa opinião e de muitos com quem falámos, há algo que não correu bem há dois anos, na 6ª corrida e que se repetiu este ano: o fundamentalismo do corte das ruas. Parece que a meio da tarde já todos os acessos estavam interditos. O estacionamento, nas ruas perpendiculares à Infante de Sagres, no largo da feira semanal, no largo do antigo mercado, na zona do Passeio das Dunas, na Quinta do Romão e até na própria avenida Infante de Sagres e ruas paralelas, não prejudicariam a corrida e seriam locais suficientes para comportar todas as viaturas dos participantes na corrida, sem a necessidade de deixarem os seus veículos a uma enorme distância, o que não lhes permitiu uma aconselhável mudança de roupa depois do esforço e regresso ao local de concentração para participação nas cerimónias finais. Sabemos também que alguns incautos que chegaram por volta das 20H15, já não conseguiram participar no evento, porque foram empurrados para locais longínquos. 
Talvez fosse de rever esta situação em futuros eventos.
Convém salientar a presença de alguns grupos informais de marcha/corrida, com evidência para o grupo Corridas à 6ª Feira, que, sendo a S. Silvestre realizada a uma 6ª feira, aproveita, com a presença dos seus muitos frequentadores, para completar o enorme grupo que rumou a Quarteira. O seu ainda líder, Luís Santos, também esteve presente, nesta que foi a última corrida em que tinha a responsabilidade total do grupo. Para Janeiro já será o Osvaldo Serro a liderar. Desejamos-lhe a melhor sorte e prometemos continuar com o nosso modesto apoio, tal como sempre fizemos com a liderança anterior. 
As fotos possíveis estão AQUI.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - OS RESTOS DO NATAL - 26-12-2018

No Pegadas tudo acontece. Neste último evento de 2018, o Pegadas revela-se também um grupo de promoção da reciclagem. Quem não esteve lá talvez pense que houve alguma aula, ou um  "workshop" (como é moda dizer-se hoje) ensinando a melhor forma de separar os lixos? Papeis para um lado, plásticos para outro, lixo orgânico para outro? Não. O Pegadas utiliza outro método mais limpo e eliminador dos restos. O Pegadas levou para este evento as sobras do Natal. Os seus elementos devoraram, a custo e com muito sacrifício (seria?) aquilo que sobrou. O Pegadas não enche os contentores de coisas inúteis. O Pegadas elimina essas coisas. O Pegadas é uma unidade industrial transformadora. O estômago e os intestinos dos Pegadas são as máquinas que transformam a matéria orgânica em algo que nos abstemos de nomear e que alimentam as estações de tratamento, evitando assim o aumento do lixo nas lixeiras municipais. No Pegadas "nada se cria, nada se perde, tudo se transforma", como diria Lavoisier. A Lei de Conservação da Massa, diz que: "numa equação química, a massa total dos reagentes é igual à massa total dos produtos da reação". Pois é, caríssimos, a massa total do que comeram é igual à massa total do produto produzido, expelido ou absorvido. Lei de Lavoisier aplicada ao Pegadas. Não nos pesámos antes e, claro, que não iremos pesar o produto orgânico final. Era só o que faltava acontecer neste grupo tão inovador e imaginativo. É que hoje até regressámos à infância. Ao chegar ao local de concentração o conselho directivo do Pegadas tinha desenhado no chão aqueles quadrados onde se saltava com uma pedrinha, jogo designado de macaca. O que mais nos acontecerá no ano que se aproxima? 
Depois da macaca visitámos o aeroporto, alguns foram ao Ramalhete, mas todos passaram próximo da estação de tratamento onde se dirigirá o produto final das máquinas transformadoras "made in Pegadas". A alma do Lavoisier ainda andará por ali de balança em punho, já que nós nos recusámos a semelhante acto, pesando os derivados do bolo rei, das empanadilhas, do peru, do leitão e de tudo o que foi devorado pelos estômagos trituradores desta gente, tentando comprovar, mais uma vez, a exactidão da sua teoria.
Mas, esta noite, o Pegadas não foi só corrida e comida. A principal surpresa da noite foi a presença, pela primeira vez num grupo informal de marcha/corrida, do Director Regional do IPDJ, Custódio Moreno. Marchou connosco, comeu connosco e transmitiu-nos num discurso inicial o quanto o exercício físico é benéfico para a saúde e o quanto é importante a existência dos grupos informais na sua promoção no Algarve. Aplaudiu na pessoa do António Santos, o líder do Pegadas, o voluntarismo e a dedicação de quem consegue pôr a correr, todas as semanas, muitas dezenas de pessoas. Elogio merecido. 
As fotos estão AQUI.

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES - 30-12-2018



Marcha e Corrida em São Bartolomeu de Messines
Dia 30 de Dezembro, no âmbito do calendário Regional de Marcha corrida do Algarve, a Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines alia-se ao Instituto Português do Desporto e da Juventude, para a organização de mais uma edição na Vila Messinense. 
Este evento alia-se a uma causa social, a inscrição é gratuita, mas obrigatória. Ao participar neste evento está a ajudar o projeto Sorrir M, um projeto implementado pela C.P.S.B.M. que tem como objetivo prestar apoio a pessoas com necessidades especiais. 
As inscrições devem ser feitas até sexta-feira, dia 28
através do mail: desporto@casapovomessines.pt ou 963 938 875, no próprio dia junto do secretariado (para seguro desportivo).
Programação
8h30 - Concentração
9h20 Aquecimento 
9h30 Inicio da Atividade
Contamos com a sua presença!


domingo, 23 de dezembro de 2018

MARCHA DO PERAL - 23-12-2018

O Centro Cultural e Desportivo do Peral realizou, pela primeira vez, uma marcha integrada no Calendário Regional do IPDJ. Apesar da proximidade da época natalícia, incentivadora das últimas compras, a frequência desta marcha foi razoável, apesar da presença de unicamente duas Câmaras Municipais, Albufeira e Loulé. 
E o Centro Cultural, com os meios modestos que tem, organizou uma marcha bem esgalhada, com a ajuda do clima e também de 11 voluntários que garantiram as direcções correctas para todos. 
Parabéns à D. Cecília, a mulher à frente do Centro Cultural, que, por ausência e desinteresse dos machos se vai chegando à frente na presidência do Centro, mantendo-o vivo e actuante.
Foi uma jornada muito interessante, percursora da época natalícia, cuja noite e dia de Natal propicia alguns excessos que poderão ser minimizados pela frequência das nossas marchas.
Este vosso blogue deseja a todos um bom Natal e contenção na comezaina. Cá estaremos no dia 30 em Messines para fiscalizar o aumento do diâmetro de algumas barriguitas. 

sábado, 22 de dezembro de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - MARCHA/CORRIDA DE NATAL - LOULÉ - 21-12-2018

Repetiu-se a já tradicional marcha/corrida de Natal em Loulé. A Aldeia dos Sonhos foi o nosso palco para esta noite. Que bem escolhido esse palco. Que bem escolhida a equipa organizadora. O pessoal da Câmara Municipal liderado pelo Norberto, eficiente e sempre presente e pela Rita, um espectáculo de menina, uma maravilhosa professora de educação física, cujo profissionalismo, no aquecimento inicial, dinâmico e simultaneamente alegre, nos deixa sempre prontos, do alto do cabelo ao dedo grosso do pé. Os marcadores de percurso, o João Serafim, o Luís Lourenço, o Rui Marreiros e a Filomena Vasco, os 10 voluntários da Câmara, o Osvaldo, Rui, Jacinto, Filomena e Rosa na recolha do material. Tudo foi perfeito. Os 246, incluindo voluntário, presentes deram por bem empregado o seu tempo e sairam dali, certamente, em melhor condição, quer anímica, quer espiritual. O que aí vem pode estragar tudo, mas estragará menos se antes prepararmos o corpinho para os excessos, dando-lhe defesas e resistência. 
Na quarta feira o Pegadas vai gastar os restos sobrantes da orgia natalícia e o Corridas vai até Quarteira preparar o excesso do dia 31. A vida é dura, raios!
As fotos de hoje estão AQUI.