sábado, 23 de junho de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - GORJÕES/CERRO DA FONTE DA MURTA - 22-06-2018

Gorjões, um lugarejo situado entre São Brás de Alportel e Loulé, pertence ao concelho de Faro e à sua freguesia de Sta Bárbara de Nexe. É um local desconhecido por muitos, por não se encontrar nas vias de comunicação principais, mas finalmente foi descoberto pelos grupos informais de marcha/corrida graças ao gorjonense mais célebre, o inefável Osvaldo Serro. O homem apareceu um dia, quase incógnito, numa marcha do Pegadas à 4ª Feira, influenciado por não sei quem, conhecendo somente aqui o pobre escriba deste blog, uma honra que levarei para a tumba. E a sua presença, nesse dia, não foi um fogo fátuo, foi um incêndio permanente que não foi mais possível debelar. Hoje o Osvaldo é mais conhecido que o Papa e, apetece-me dizer, muito mais importante. A sua disponibilidade permanente, aquele sorriso pendurado lá no alto dos seus mais de 180 cm (vejam o teclado todo à mostra aqui ao lado e digam se não tenho razão), a empatia que, de forma fácil, consegue transmitir, faz do Osvaldo um figurão daqueles cuja ausência já nos faz pensar se estará doente, porque zangado não estará certamente. Mas além de tudo isto e já é muito, o Osvaldo ainda consegue organizar, por pura amizade, umas viagens em descoberta de trilhos no Portugal profundo. A recente viagem aos  Passadiços do Paiva e do Sistelo em Setembro, são dois bons exemplos. Mas este panegírico não ficaria completo se não acrescentasse o mais importante, a colocação de Gorjões no mapa, para muitos de nós um local situado para os, hum... traseiros de Judas, indigno do desvio que teríamos de fazer para o visitar. Gorjões, hoje já é um ex-libris das marchas/corrida com o seu famigerado Cerro da Fonte da Murta, a tal cereja no topo dos Gorjões, que o outro Serro descobriu e nos obriga, e bem, a subir sempre que vamos ao local. E atrás de um grande homem há sempre uma grande mulher, a Rosinha Serro preenche completamente o ditado. "Piquena" simpática, contribui e completa o homem que a escolheu o que demonstrou que, além das qualidades enumeradas, também junta muito bom gosto. 
E hoje houve também a colaboração, mais uma vez, do sempre pronto Ilídio Valério. Agradeçam-lhe o chegarem com as pernas tal como partiram sem sinais de carícias dos tojos, ali muito abundantes. O Ilídio andou a arredar da vossa passagem tão incómodas máquinas de barbear. Obrigado companheiro.
A concentração deste evento do famoso Corridas à 6ª Feira e a festa final foi no Clube Recreativo e Cultural Gorjonense, clube jovem nascido em 2000, mas com condições ideais para estes eventos. E por lá também estiveram os homens da Corrida do Tejo tentado cativar a malta para a deslocação a Oeiras a 23 de Setembro. E deixaram por cá algumas prendas sorteadas, incluindo 2 pares de sapatilhas. 
Uma curiosidade: lá no alto do cerro plantado no terreno, um marco determina o fim de três concelhos, São Brás de Alportel, Loulé e Faro. Um cerro dividido em três amores, mais que os dois do Marco Paulo, o infiel.
As fotos estão AQUI.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 20-06-2018

Voltámos a casa ou à nossa sede social, o Teatro Municipal de Faro. É sempre bom regressar onde temos sido tão felizes. Uma moldura humana bem esgalhada, um percurso pelo passeio ribeirinho, pelo Biogal, com passagens aéreas, passagens de nível, túneis, alcatrão, terra batida. Só faltou o tartan da pista de atletismo e a água da ilha de Faro. Foi agradável a corrida, foi agradável a convivência. E a porquinha Zulmira alimentou-se. Talvez não tenha apanhado uma indigestão, muito menos enchido o estômago, mas talvez tenha sido um razoável pequeno almoço. Há muitos gastos que é preciso compensar e não é bonito ser sempre o mesmo a pagar. 
Vejam as fotos AQUI.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - GORJÕES/CERRO DA FONTE DA MURTA - 22-06-2018

Evento: 255º

Data: 22.06.2018
Local: Gorjões, Santa Bárbara de Nexe
Grau dificuldade: MÉDIO
Ponto de encontro: Clube Recreativo e Cultural Gorjonense
Latitude: 37° 7'53.93"N
Longitude: 7°57'16.64"W
Luz: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
 COMO CHEGAR AO Clube Recreativo e Cultural Gorjonense
De Loulé:
- Seguir pela EN270 em direcção a São Brás de Alportel. A meio, viram à direita para apanhar a EM520, onde está a placa a dizer "Gorjões, St Bárbara de Nexe"  Seguem sempre por essa estrada até chegar a Gorjões. O Clube Recreativo fica à saída da aldeia.
De São Brás Alportel:
- Seguir pela EN270 em direcção a Loulé. A meio, viram à esquerda para apanhar a EM520, onde está a placa a dizer "Gorjões, St Bárbara de Nexe"  Seguem sempre por essa estrada até chegar a Gorjões. O Clube Recreativo fica à saída da aldeia.
De Faro e restantes direcções:
- Seguir até Sta Bárbara de Nexe. Apanhar a EM520 onde está a placa a dizer "São Brás Alportel, Gordões". Seguem sempre por essa estrada até chegar a Gorjões. O Clube Recreativo fica antes de entrarem na aldeia.
Vai haver 2 percursos, de 6km e 12km, com grau de dificuldade FÁCIL/DIFÍCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com sticks reflectores ou placas. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
Aquilo que se solicita é que se formem vários grupos, em função dos andamentos, mas que TODOS corram (ou andem onde o declive o exija) sempre acompanhados. ISTO É FUNDAMENTAL.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Os percursos passam em algumas zonas de estrada sem berma, onde pode haver trânsito. É FUNDAMENTAL seguir no sentido contrário do trânsito e levar um colete reflector. Pensem na vossa segurança;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

MEXE-TE SOLIDÁRIO - BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FARO - 24-06-2018 - 09H30


Agora que o Calendário Regional terminou, temos de arranjar algo para fazer. Ora aqui está uma belíssima oportunidade:
"O "I Mexe-te Solidário" Marcha e Corrida, dos Bombeiros Voluntários de Faro - Cruz Lusa, realiza-se dia 24 de junho, domingo, das 09h30 às 12h30, a partir do Quartel dos Bombeiros (junto à Doca de Faro).
O local da inscrição a partir de sexta-feira 15 Junho, será no quartel dos bombeiros, no gymnasio, com a inscrição de 5€ habilita-se ao sorteio de uma action cam, uma Tshirt, uma água e uma peça de fruta. O valor reverte para aquisição de vestuário de proteção individual para o Corpo de Bombeiros.
Esclarecimentos através dos números de telefone: Ana Bartolomeu 967272087 - Cátia Moreira 919559699 - Central dos bombeiros 917629626.
Participe, esta causa conta consigo".
(AH Bombeiros Faro)

domingo, 17 de junho de 2018

MARCHA FINAL - S.BARTOLOMEU DE MESSINES - 17-06-2018


Uff! Foram 43 as marchas/corrida deste Calendário Regional do Programa Nacional de Marcha/Corrida que no Algarve atinge o seu expoente máximo, pela participação de dezenas de milhar de pessoas e pela organização de elevado nível das entidades envolvidas, desde Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Casas do Povo, clubes desportivos, PSP de Olhão, Associação Oncológica, Patronato Municipal de Deportes de Ayamonte (uma agradável intromissão), Cruz Vermelha Portuguesa, Associações Culturais e Desportivas.
O IPDJ e a sua delegação do Algarve mantém este programa que começou há 33 anos. Tudo começou com a Prof. Amélia Elias. A antiga DGD adoptou a fórmula, o IDP continuou-a e o actual IPDJ deu seguimento melhorando ainda mais o que já era quase perfeito. 
Uma referência muito especial ao actual director, Custódio Moreno, que, percebendo, desde o início do seu mandato, a importância deste programa deu-lhe quase prioridade máxima no conjunto dos inúmeros programas que a delegação do Algarve gere. O homem, além de ser o responsável máximo da implantação no terreno das actividades, ainda arranjou tempo para estar presente na quase totalidade das marchas do calendário, falhando somente aquelas, que obrigações oficiais forçavam a sua ida a Lisboa. Já é uma figura conhecida de todos e quando não aparece as pessoas já se interrogam. Muito bem Director, parabéns. Outra referência especial ao técnico João Alcanena pela preocupação com o programa, pelos contactos com as organizações, pela preocupação que evidencia em direcção à  perfeição. Razões pessoais não lhe permitem estar sempre presente, mas sabemos do estado de alma que todos os domingos evidência, telefonando-nos e inteirando-se sempre sobre a qualidade da marcha e dos factos ocorridos. 
Outra referência vai para os marchantes, pela alegria, pela preocupação com a sua saúde, pelo esforço, pela presença. Sem eles não há programa. É para eles que ele existe.
A última referência é para as autarquias. Permitam-me distinguir as mais activas e mais preocupadas com o bem estar dos seus munícipes. Faro, Olhão, Albufeira e Loulé foram as que tiveram mais presenças. Monchique, Aljezur e S. Brás de Alportel e Silves (que finalmente apareceu depois de anos de ausência) com frequência razoável. Alcoutim, pela distância, fez o possível. Tavira apareceu uma vez por mês. Castro Martim, pela falta de autocarros apareceu a espaços (muito poucos) tal como Lagoa. Lagos, Portimão, Vila do Bispo e Vila Real de Sto António as mais fracas. Fica a esperança que, para a próxima época tenhamos mais presenças. 
A marcha final de hoje foi entregue à Casa do Povo de Messines, uma Casa do Povo bem viva, com acção directa de âmbito social, educativo, cultural e desportivo. E que bem desempenhou essa incumbência. Organizou uma marcha perfeita, colocou à nossa disposição o seu pavilhão que guarneceu de mesas e cadeiras, onde todos couberam e puderam degustar o lanche que nos ofereceram, ao mesmo tempo que ouvíamos um acordeonista local que nos possibilitou uns "pezinhos" de dança. Parabéns à Casa do Povo.
Já agora fica bem referir aqui a disponibilidade da "fabulosa" Rita, professora e técnica da Câmara Municipal de Loulé, para nos dar o aquecimento na ausência, por doença súbita, da professora designada. A Rita, sem qualquer preparação prévia e apanhada na hora, fez aquilo que sabe melhor. Aqueceu-nos ao rubro justificando o título com que carinhosamente a brindamos, a melhor "aquecedora" da Europa, quiçá do Algarve, como diria o João Pinto. Obrigado Rita.
E, pronto terminou. Já estamos com saudades. Raios, nunca mais chega Setembro.
Entretanto vamos deambulando por aí ao sabor dos grupos informais de marcha/corrida que tão bem preenchem os espaços deixados vagos pelo Calendário Regional.
As fotos de hoje estão AQUI.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - LUDO - 15-06-2016

Com a forte concorrência do Portugal/Espanha estiveram no parque de estacionamento exterior da Praia de Faro, 121 marchantes/corredores. E esta heim! 
Percorreram o paredão do Ludo, foram até ao Lago da Quinta do mesmo nome e voltaram pelo mesmo caminho, com os pés numa nesga do nosso Algarve e a cabeça na Russia. E CR7 contribuiu para a gloriosa jornada.
Veja as fotos no local habitual.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

PEGADAS À 4ª FEIRA - CENTRO DE TÉNIS DE FARO - 13-06-2018

O Centro de Ténis de Faro convidou, o António aceitou e a malta divertiu-se. O Centro dividiu 2 campos em mini-campos, forneceu bolas especiais para principiantes e a malta aderiu. E hoje se descobriram muitos Federer e muitas Williams. Sharapovas já temos muitas e muito mais belas. Também se vislumbrou algumas vocações para o tiro ao alvo, um alvo difícil de atingir tal a falta de pontaria e de jeito dos atiradores. Mas para marchar e correr ninguém lhes faz frente. Pelos caminhos arenosos da mata, com algumas mini-subidas acompanhados pelos "flying dutchman", não o navio fantasma, nem as áreas celebres da obra de Richard Wagner, mas uns irredutíveis mosquitos que beijavam tudo o que cheirava a pele. Mas foi lindo, o percurso, o intróito, a recepção simpática, as marcações irrepreensíveis do António, que percorreu os trilhos muitas vezes, repondo fitas e setas que alguns, hum... FDP, resolveram retirar para, provavelmente, decorarem as salas das suas originais residências.
Enfim foi tudo bom, excepto os culicidae, nome cientifico dos mosquitos (este blog também sabe consultar a Wikipédia).
Vejam as fotos AQUI.

terça-feira, 12 de junho de 2018

MARCHA FINAL DA ÉPOCA 2017/2018 - SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES - 17-06-2018



CALENDÁRIO REGIONAL DE MARCHA E CORRIDA DO ALGARVE 2017/18

MARCHA FINAL DO CALENDÁRIO 2017/18

A 43.ª JORNADA REALIZA-SE NO DIA 17 DE JUNHO EM S. BARTOLOMEU DE MESSINES
TRANSCREVE-SE INFORMAÇÃO DA ENTIDADE ORGANIZADORA A CASA DO POVO DE S. BARTOLOMEU DE MESSINES:
"Dia 17 de Junho, no âmbito do calendário Regional de Marcha corrida do Algarve, a Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines alia-se ao Instituto Português do Desporto e da Juventude, para a organização de mais uma edição na Vila Messinense. 
Este evento alia-se a uma causa social, a inscrição é gratuita, mas obrigatória, assim como para o lanche, mas na aquisição de uma t-shirt do evento está a ajudar o projeto Sorrir M, um projeto implementado pela C.P.S.B.M. que tem como objetivo prestar apoio a pessoas com necessidades especiais. 
As inscrições  devem ser feitas até sexta-feira, dia 15 através do mail: desporto@casapovomessines.pt ou 963 938 875, no próprio dia junto do secretariado (para seguro desportivo) e estão sujeitas à disponibilidade e vagas existentes para lanche e t-shirt 
A animação do evento está a cargo do músico Marco António. 
Reveja aqui a última edição: 
www.youtube.com/watch?v=9YI3ulKlA6I Marcha e Corrida em São Bartolomeu de Messines
Programação
8h30 - Concentração
9h20 Aquecimento 
9h30 Inicio da Atividade
10h30 Entrega dos Lanches
11h00 - Animação 
Contamos com a sua presença"

domingo, 10 de junho de 2018

MARCHA DE CARRAPATEIRA - 10-06-2018

O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina com 110 km de extensão e que tem no concelho de Aljezur das mais belas paisagens, foi hoje percorrido, em alguns quilómetros, por algumas centenas de marchantes/corredores, que partindo da Carrapateira tiveram a oportunidade de passar pelos trilhos que se sobrepõem ao mar e observarem lá em baixo as belíssimas praias do Amado e da Carrapateira. O que se ouvia daquelas bocas, abertas de espanto, era um nunca acabar de adjectivos, não daqueles depreciativos, mas bem elogiosos pelas paisagens que lhes era dado ver. 
Percurso bem escolhido, bem realizado. É longe, acrescentámos 240 km ao conta quilómetros, mas valeu bem a pena. Ficámos por lá a almoçar, no Cabrita, aconselhados pelo Prof. Nelson Barros, o homem certo por detrás da realização, e gostámos. Regressámos a penates com vontade de por ali ficar. Foi um 10 de Junho bem festejado.
Presentes autocarros de Albufeira, Aljezur, Faro, Lagoa e Monchique.
As fotos estão AQUI.

sábado, 9 de junho de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - MATA DA CONCEIÇÃO DE TAVIRA - 08-06-2018


Que dizer deste evento? Que decorreu num local paradisíaco? Que a organização foi excelente? Que a mobilização de meios foi enorme? Que a recepção final foi original e inesperada? 
Pois foi tudo isto. Percurso pela Mata da Conceição, local de paisagem protegida e de uma beleza extrema. Marcações perfeitas. Voluntários espalhados pelo percurso evitando qualquer duvida. Imagens de javalis. Sons previamente gravados recriando os sons da mata, máquinas fotográficas escondidas em locais estratégicos disparando a espaços, subidas bem doseadas com um "quebra costas" como "cereja no topo do bolo", apoteose final com um porco bem assado no espeto e bebidas. 
Provavelmente esta foi uma das melhores marchas/corrida de todo o calendário do Corridas. Só perdeu quem não lá não foi. 
Uma referência especial às cabecinhas pensadoras do ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas) que idealizaram e realizaram. Não nos compete referências individuais. Isso fica para quem sabe, o Luís Santos. 
Fotografias AQUI.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

CAMINHADA CPCJ-COMISSÃO DE PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS - LOULÉ - 11-06-2018





Em Loulé, 2ª feira dia 11, em dia de Cool Runners iremos fazer um laço humano de sensibilização para a prevenção de maus tratos na infância.
Concentração em frente à Câmara, formação do laço às 19H30.
Levem um bem alimentar e uma camisola azul vestida.

terça-feira, 5 de junho de 2018

MARCHA NOCTURNA DE QUARTEIRA - INCLUIDA NO CALENDÁRIO REGIONAL - 06-06-2018


Realiza-se no próximo dia 06 de Junho de 2018, a 1ª Marcha Corrida Noturna Concelho de Loulé, a realizar em Quarteira e que este ano pela primeira vez consta no Calendário Regional de Marchas do Algarve do IPDJ. Numa organização conjunta entre o Centro Municipal de Marcha e Corrida em cooperação com o grupo “Quarteira Night Runners”. 

As inscrições são realizadas no próprio dia.
Programa
19h30 – Concentração
20h20 – Aquecimento
20h30 – Início da atividade

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - CARRAPATEIRA - 10-06-2018


Local de concentração - CARRAPATEIRA (o calendário impresso indica Bordeira. A organização diz-nos que é em Carrapateira). 

quinta-feira, 31 de maio de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 30-05-2018

A vantagem de ter uma idade já avançada e com poucos anos para oferecer à vida, faz-nos recordar, como todos os velhos vivendo do passado e chateando os mais novos com histórias da juventude, alguns factos que marcaram o calcorrear pela puberdade. Ao viajar de Faro ao Parque das Cidades, ao ouvir as apitadadelas de tantos dentro de um comboio e do som que o António tirava do seu aparelho, lembrei-me de um filme de 1952 de Fred Zinnemann com o extraordinário Gary Cooper e a não menos extraordinária e bela Grace Kelly (essa a do Mónaco). O filme denominava-se "O Combóio Apitou Três Vezes". Retratava a história heróica de um xerife que, obrigado pela cobardia dos seus concidadãos, ter de enfrentar sozinho um bando de criminosos. Nestes tempos modernos o nosso xerife não se chama Will Kane, como o do filme, mas sim Tony Saints e não teve esse azar. Reuniu mais de cem ajudantes, meteram-se num combóio, apitaram, não três vezes, mas dezenas, e foram à procura do bando de meliantes. Não encontraram nenhum apesar de correrem todos os arredores, desafiantes, mas de criminosos nem vê-los. Até a torre de Pisa foi vasculhada em todos os cantos e nada. Pudera, com tanta unidade, com tanto destemor, com uma arremetida tão despudorada, quem se aventuraria a enfrentar tamanha rusga de folgazões. 
Foi mais um apita o combóio do Pegadas. Foi mais um contributo para minimizar os resultados negativos da nossa CP. Pelo menos hoje um ordenado ficou pago sem recurso ao orçamento geral do estado.
E foi lindo, não foi?
As fotos, desta vez com muito atraso, estão AQUI.

terça-feira, 29 de maio de 2018

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - PORCHES - 03-06-2018



CALENDÁRIO REGIONAL DE MARCHA E CORRIDA DO ALGARVE 2017/18
A 39.ª JORNADA REALIZA-SE NO DIA 03 DE JUNHO EM PORCHES (LAGOA)
08H00 às 09H00 - Concentração
Polidesportivo do Bairro Municipal de Porches
09H15 - Aquecimento
09H30 - Marcha
Percurso urbano / campo
Percurso pequeno - 5 Km
Percurso grande - 10 Km
Contactos:
jfporches@gmail.com
282 342 390

segunda-feira, 28 de maio de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - CERRO DA CABEÇA DE CÂMARA - 01-06-2018

Evento: 252º
Data: 01.06.2018
Local: Cerro da Cabeça de Câmara (Estação CP Loulé/Quarteira)
Grau dificuldade: DIFÍCIL (4 em 4)
Ponto de encontro: Junto ao cerro da Cabeça de Câmara, cerca de 1km após passar a estação da CP de Loulé/Quarteira (ver foto)
Latitude: 37° 6'35.06"N
Longitude: 8° 4'3.43"W
Luz: é FUNDAMENTAL (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é DISPENSÁVEL
Vai haver 2 percursos, de 8km e 11km, com grau de dificuldade "Ai Mãezinha!" em termos de acumulado de subida.
Ambos os percursos VÃO ao alto do cerro.
Os percursos VÃO ESTAR sinalizados nos cruzamentos com placas ou sticks reflectores. Mesmo assim é importante que veja o percurso nos links acima indicados e que coloque todas as dúvidas que tenha com a devida antecedência.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Grande parte do percurso desenrola-se em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Os percursos passam em zonas de estrada sem trânsito, pelo que o uso do colete reflector é dispensável;
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 27 de maio de 2018

MARCHA DE OLHÃO - 27-05-2018

Excelente organização da Junta de Freguesia de Olhão. Local de concentração, o Jardim do Pescador, excelente para este tipo de eventos. Percurso belíssimo, com passagem pelas salinas, Mercado Municipal, Docapesca e até a Floripes mereceu uma visita especial dos corredores/marchantes do percurso mais longo.
Presentes autocarros de Albufeira, Castro Marim, Faro, Loulé (2), São Brás de Alportel e Silves.
Ver fotos AQUI.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

PEGADAS À 4ª FEIRA NA PRAIA DO GIGI - 23-05-2018

O Pegadas mais uma vez diversificou. Com a melhoria do tempo, foi até à praia. E que praia! A praia da Quinta do Lago, cujo nome real quase ninguém conhece porque o Gigi, esse ícone da restauração, cujos petiscos são gulosamente devorados por estômagos e carteiras com digestões um pouco diferentes do comum dos mortais, lhe absorveu o nome e qual prato gourmet, que transforma uma vulgar sardinhada, em sardinha alimada em cama de feijão do Kénia e crumble de gema de ovo (roubei esta algures por aí na net), lhe transformou o nome em Praia do Gigi. O Bernardo Reino, o Gigi, claro, é homem que não vai muito nesses modernismos culinários mas que produz juntamente com a madame Gigi, alguns pratos típicos, à base do fresquíssimo peixe que os homens do mar de Quarteira lhe mostram em cada manhã de desembarque.
Pois foi ali pelos arredores do famoso Gigi, que o Pegadas passou, numa ida e vinda à e da areia da praia do Gigi, nome adoptado mas que merece ficar, porque Gigis só este, que contribuiu para levar o nome do nosso Algarve a gente que o visitava, como o malogrado Ayrton Senna, a família Agneli, a Farah Diba, o Mark Knopfler e muitos outros figurões que degustaram os sabores do Algarve ali na ponta do famoso passadiço. Não menos importantes foram os nossos Pegadas que não pararam para comer, porque não tinham reserva, nem levaram o livro de cheques, mas porque também não quiseram tornar ainda mais famoso o famoso restaurante. Isto de publicidade grátis não é para esta malta. 
Aqui o imitador de fotógrafo e o António Santos que nos acompanhou, também resistiram aos cheiros, diluídos, esta noite, por uma aragem fresquinha que os levavam em direcções mais propícias a serem cativadas do que as nossas pobres pituitárias, mais viradas para os charrinhos alimados e as petingas fritas, e às luzes que dali emanavam apelando à entrada, quais faróis avisando não a aproximação de um escolho perigoso, mas a aproximação de algum manjar bem suculento. Mas nós e o António não levámos o livro de cheques e a carteira também não tinha espaço para tantas notas e ficámos por ali no passadiço apreciando os Pegadas, mais importantes que os manjares do Gigi, folgazões e indiferentes à fama que lhes passa muito ao lado, porque famosos já são eles que chegue. E hoje os famosos eram 181. E esta heim!
Ora vejam as fotos da Alcina aqui e do JL aqui.