segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - QUARTEIRA/VALE DO LOBO - 19-01-2018

Evento: 233º
Data: 19.01.2018
Local: Quarteira, Vale do Lobo
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: Praça do Mar, Quarteira (ponto de partida da São Silvestre)
Latitude: 37° 4'4.30"N
Longitude: 8° 6'15.17"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Vai haver 2 percursos de 8km e 12km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS.
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 14 de janeiro de 2018

MARCHA DE ESTOMBAR - 14-01-2018

O Parque do Sítio das Fontes, local de ecossistemas diversos onde passa o rio Arade com o seu anfiteatro, os reconstruídos Moinho Novo e Casa do Moleiro, os seus trilhos e a sua zona de piqueniques, recebeu, mais uma vez, uma marcha do calendário regional promovido pelo IPDJ. E mais uma vez a presença do Director Regional, Custódio Moreno, e do técnico João Alcanena, vieram demonstrar aos marchantes a importância que conferem a este projecto velho, mas sempre renovado, de mais de 30 anos, que proporciona aos algarvios a possibilidade da prática de exercício físico, com os importantes benefícios para a sua saúde, com enorme vantagem, não mensurável, da poupança no Serviço Nacional de Saúde, mas enorme desvantagem para a Segurança Social que assim tem de pagar, por mais anos, as suas pensões de reforma (esta é boa, não é?)
O percurso foi o habitual dos anos anteriores, com algumas subidas suaves, fáceis. Valeu pela boa organização e pelo palco proporcionado, o local de concentração e chegada.
Presentes autocarros de Albufeira, Aljezur, Faro, Lagoa, Loulé (2), Monchique, Olhão, Silves, São Brás de Alportel, Tavira e a habitual Junta de Freguesia de Porches.
Fotos AQUI.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 10-01-2018

Surpreendente a adesão desta noite, depois da ameaça de chuva das 18H30 e do frio. Mais de 60 pessoas, algumas caras novas e a habitual boa disposição. 
O António Santos fez a apologia do grupo RUN ECO TEAM e vai criar o evento do Pegadas para que além das três equipas já construídas proporcionar às pessoas a sua inscrição para o grande movimento do dia 3 de Fevereiro. No dia três o Algarve vai dar uma lição de civismo com mais de 60 brigadas de limpeza espalhadas por toda a província. A preocupação pela ecologia, pela sustentabilidade do nosso planeta será o mote desta jornada. Pretende-se ajudar ao despertar das consciências e alterar mentalidades. Lixo no chão não. Uma corrida=um lixo ou um saco de lixo. 
Vejam as fotos AQUI.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

CORRIDAS À 6ª FEIRA - GAMBELAS - 12-01-2018

Evento: 232º
Data: 12.01.2018
Local: Gambelas (Faro)/Ecovia
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: Em frente da entrada principal da Universidade do Algarve, pólo das Gambelas, Faro (ver foto)
Latitude: 37° 2'32.45"N
Longitude: 7°58'15.93"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Trajecto no GPSies:
10km
13km
 Vai haver 2 percursos de 10km e 13km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - ESTOMBAR - 14-01-2018

Organização - Câmara municipal de Lagoa
Concentração - Sítio das Fontes
Hora de partida - 10H00
"O Parque Municipal das Fontes, Fontes de Estômbar ou Sítio das Fontes, localiza-se no início e ao longo das margens de um esteiro da margem esquerda do Rio Arade, perto da vila de Estômbar, concelho de Lagoa.
É um terreno com cerca de 18 ha (180.000 m²) e um local vasto de ecossistemas onde reina o convivio com a Natureza. Essencialmente procurado para a prática de piqueniques, este parque vê o Rio Arade passar por si vindo de Silves em direcção ao Atlãntico.
Neste parque existe um moinho de maré recuperado que pode ser visitado, uma casa Algarvia reconstruída, um anfiteatro ao ar livre e um percurso para a prática de exercício físico.
É também importante do ponto de vista histórico-cultural porque ali se encontram vestígios de actividades humanas que datam de tempos remotos. Os dois moinhos de água são os testemunhos mais eloquentes dessa actividade humana. A antiguidade de pelo menos um deles está documentada no "Livro do Almoxarifado de Silves", do Século XV, que se refere a uma"(…) açenha das fontes em que fez Vicente Pirez huu moynho (…)".
É assim que, dada a sua beleza natural e importância ecológica, a existência de várias nascentes de grande caudal e o património histórico-cultural, tem sido tradicionalmente utilizado pelas populações locais para actividades de lazer, comemoração de datas festivas, contacto com a Natureza, etc.
Conhecido pela lagoa que se forma com a água das fontes, onde se pode tomar banho.
(Wikipedia)

domingo, 7 de janeiro de 2018

MARCHA DE VILA REAL DE STO ANTÓNIO - 07-01-2018

Mais uma vez em Vila Real de Sto António, uma das mais belas marchas do calendário. A organização não desmereceu das expectativas que sempre esperamos da Câmara Municipal, da sua divisão de desporto e do seu bem organizado Centro Municipal de Marcha/corrida. Imaginem que, no início da marcha, os elementos do CMMC, resolveram brindar-nos com chá e bolachas e com um aquecimento original e muito bem coreografado. 
O percurso foi semelhante ao dos anos anteriores, com passagem pela Mata Nacional da Dunas Litorais, pela praia, com início e final no Complexo Desportivo um dos melhores da país, onde se treinam atletas de toda a Europa empurrados pelo clima inóspito dos seus países.
Presentes autocarros de Albufeira, Alcoutim, Castro Marim, Faro, Olhão e Junta de Freguesia de Porches.
Fotos AQUI.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 03-01-2018


Frio, Benfica versus Sporting, eis os ingredientes para uma fraca participação. Mas com todos estes contras estiveram em Montenegro, para o circuito ao aeroporto, 76 heróicos corredores e marchantes. Excelente. O masoquista António Santos, que deveria estar em vale de lençóis, tal a "carraspana" (constipação, claro, que o homem não é de bebidas) que evidenciava, esteve presente e à hora da corrida ainda andava "com as mãos na massa", isto é, ainda se preocupava com as últimas marcações. É desta cepa que se fazem os lideres. Obrigado grande António.
Vejam as fotos na nossa página do Facebook, AQUI.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - VILA REAL DE STO ANTÓNIO - 07-01-2018


É a primeira marcha/corrida integrada no Calendário Regional do IPDJ neste início do ano 2018. Esta é uma das mais belas marchas do calendário quer pelo local onde nos concentraremos, o fantástico complexo desportivo, quer no percurso pela Mata Nacional das Dunas Litorais e pela praia.
Local do Encontro: Estádio Municipal de Vila Real de Santo António / Complexo desportivo
Dois percursos – 5Km e 10 Km. (Tipo de terreno – Pinhal e Praia).
Inscrições: cmc@cm-vrsa.pt
Informações: 281510960 Ext 4511

CORRIDAS À 6ª FEIRA - FUZETA - 05-01-2018

Evento: 231º
Data: 05.01.2018
Local: Fuzeta
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: No campo polidesportivo, em frente ao Parque de Campismo
Estacionamento: Junto ao Parque de Campismo
Latitude: 37° 3'8.81"N
Longitude: 7°44'36.04"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Trajecto no GPSies:
Vai haver 1 percurso de 9km com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
O percurso vai estar sinalizado nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam em zonas onde pode haver algum trânsito. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 31 de dezembro de 2017

MARCHA DE BENAFIM - 31-12-2017

A ultima marcha do Calendário Regional do ano 2017, foi especial. A presença do embaixador para Portugal da RUN ECO TEAM, o Deni Vargues, serviu de incentivo para uma recolha record de lixo. Os arredores de Benafim ficaram ligeiramente mais limpos e algumas consciências talvez tenham ficado menos sujas. Pela primeira vez, neste nosso blogue, o lixo é a figura principal e a fotografia de um contentor com a recolha do dia bem visível (depois da foto o lixo foi colocado lá dentro) é suficientemente elucidativa do trabalho hoje desenvolvido. Um cumprimento especial ao Carlos Mesquita, que não aparece na foto, pelo extraordinário trabalho de recolha que no seu automóvel aliviou o peso dos voluntários ajoujados pelos sacos pejados daquilo que os outros, esses, os porcos, atiram pela janela das suas viaturas. 
O percurso de hoje foi o habitual naquela zona, belíssimo. Não fosse a atitude de um cavalheiro (?) que, com o estômago bem carregado de álcool, resolveu retirar algumas marcações, obrigando alguns a imaginarem percursos alternativos, de puro trail, com orientação pelo sol, ou pelas vistas longínquas de Benafim ou do alcatrão das estradas, a marcha teria sido perfeita. 
Autocarros das autarquias ... nem vê-los. Começaram a passagem do ano mais cedo. Lamente-se.
Fotos AQUI.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 27-12 2017

Diminuiu a frequência mas não diminuiu o fervor. 
Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.
Parece que Manuel Alegre se inspirou no Pegadas quando escreveu a "Trova do vento que passa". É que mesmo na noite mais triste, fria ou ventosa, há sempre alguém que resiste, alguém que diz não ao sofá, à TV, ao aconchego da lareira. E há sempre alguém que teima em ficar até ao fim e, como diria a minha avó, "não desapegam". Repare-se na foto. Há ainda umas dezenas que resistem e esses são o tal núcleo duro, os que mantêm a perenidade do grupo.
Hoje foi uma corrida citadina, a última do ano, com passagem pelo canavial vizinho da Pista de Atletismo, que recebeu uma volta de honra de todos os Pegadas. 
Vejam as fotos no local habitual.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - BENAFIM - 31-12-2017

11.º Marcha / Corrida Trail Benafim
Dia 31 Dezembro
(Última Marcha/Corrida do Ano)
Nível I- 5 Kms 
Nível II- 10 Kms
Nível III-15 Kms
Programa:
9:00 Concentração no Sport Club Benafim
9:30 Esclarecimentos
9:45 Inicio do Aquecimento
10:00 Partida
11:00 Oferta de chá para todos os Participantes
Percurso será por caminhos de Terra e Trilhos
Vem e trás amigo para tua ÚLTIMA corrida do Ano
ORGANIZAÇAO
Sport Club Benafim
Centro Comunitário de Benafim
União de Freguesias
Instituto Português de Desporto e Juventude
Prova incluída no calendário Marchas do Algarve

sábado, 23 de dezembro de 2017

SINAL DOS TEMPOS

Uma menina, passeando no Forum Algarve, sentou-se no colo do Pai Natal, que lhe faz a pergunta habitual:
-O que é que você quer de presente no Natal?
A menina, com ar de espanto, horrorizada por alguns segundos, pergunta:
-VOCÊ NÃO RECEBEU O MEU EMAIL?

BOM NATAL A TODOS.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 20-12-2017

Concentrados no pavilhão, implantado no Jardim Manuel Bivar, de "portas abertas" especialmente para esta noite e para os Pegadas, a pedido, prontamente aceite pela CM de Faro, do António Santos, sem frio, abrigados da aragem fria, nocturna, da ria, fizemos a nossa marcha natalícia visitando as iluminações de Natal da cidade e no final festejámos com bolo, bolachas, chocolates e ... medronho. Oa Pegadas são isto, inovação, preparação prévia, exercício físico e  confraternização. Serviço completo, aperitivo, refeição e sobremesa.
Vejam as fotos no local habitual

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

CORRIDAS À 6ª FEIRA - MARCHA CORRIDA DE NATAL 2017 - LOULÉ - 22-12-2017


Evento: 229º
Data: 22.12.2017
Local: Loulé
Grau dificuldade: MÉDIO
Ponto de encontro: Junto à CM de Loulé
Estacionamento: Sugere-se no largo junto à estátua Engº Duarte Pacheco
Latitude: 37° 8'20.27"N
Longitude: 8° 1'20.30"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Vai haver 1 percurso de 10km com grau de dificuldade MÉDIO em termos de acumulado de subida.
O percurso vai estar sinalizado nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam ao longo de uma estrada que se prevê que tenha pouco ou nenhum trânsito. De qualquer forma, garantir a segurança nunca é demais. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 17 de dezembro de 2017

MARCHA DO PAI NATAL - ALBUFEIRA - 17-12-2017

Foi a já tradicional marcha do Pai Natal. Com um tempo excelente, um céu e um mar pejados de maravilhoso azul, um sol brilhante refletindo o vermelhão das camisolas e barretes de Pai Natal oferecidos pela organização (Câmara Municipal de Albufeira) justificaram plenamente o cognome porque é conhecida a cidade de Albufeira, "Vila Branca em Mar Azul" imortalizada no poema de Ramiro Guedes de Campos. Fica aqui um pequeno excerto:
Só a vila lá no alto, a vila branca
Branca do sal do mar amargo
Tem outra sede que não se estanca
Nem com a azul do céu, nem com o azul do largo
A  marcha foi um passeio citadino em que cada esquina nos reservava novas vistas, ora sobre os prédios altos de apartamentos turísticos de rés do chão plenos de lojas, restaurantes e bares, ora se vislumbrava, ao longe uma nesga de azul do mar, ora, e aí sim, finalmente, se nos deparou no designado Pau da Bandeira, a vista deslumbrante do branco da agora cidade, o amarelo das praias do Peneco e Pescadores, o azul sem fim do mar e o presépio do casario branco agarrado àquela encosta ameaçando um mergulho no mar, ali tão perto. Do Pau da Bandeira se vê o pouco que ainda resta da antiga aldeia de Pescadores, que fez as delícias dos primeiros turistas ingleses descobridores, nos anos sessenta, de uma maravilha escondida dos circuitos chamativos das agências de viagem. Hoje Albufeira é uma amálgama, qual Babel, de linguajares estranhos, uma anarquia de construção, uma enorme inflação de hotéis, bares e discotecas, onde se digladiam, no esgotado Verão, alguns energúmenos a abarrotar de álcool, onde as tertúlias antigas que juntavam os jovens, os amigos e se debatiam ideias, já não existem. O café da Julia, o Bailote, as tascas da zona do mercado do peixe onde cantava Cliff Richard, deram lugar aos bares com nomes esquisitos, às discotecas, aos restaurantes de cozinha internacional, de sushi, pizza e hamburgueres. O capital e o lucro dominam e as tradições antigas diluídas nestes modernismos foram "chutadas" para o interior do concelho, em Paderne e arredores, já que a Guia e Olhos de Água também foram contaminadas pelo sinal dos tempos.
Mas nós ainda gostamos de ir a Albufeira e é nestas marchas que encontramos os nativos da cidade, gente boa, simples e ainda não influenciada pelos defeitos que nos chegam da "estranja", unidos no amor à sua terra, o João, a Adélia, a Tereza, a Celita, a Paula, a Mina, o Helder, a Ilda e muitos, muitos mais que fazem as delícias e preservam ainda os "cheiros" do passado. Abençoados sejam.
Presentes autocarros de Alcoutim, Aljezur, Faro, Lagoa, Loulé (2), Monchique e Olhão.
Fotos AQUI.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

CORRIDAS À 6ª FEIRA - FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 15-12-2017

Uma união interessante de um grupo fundado pelo Luís Santos e liderado por ele, o Corridas à 6ª Feira, com outro grupo, hoje liderado pelo António Santos e fundado por .......... Luís Santos, o Pegadas à 4ª Feira. O toque de Midas do Luís Santos abençoou estes dois grupos logo no acto da sua criação, o António Santos pegou num deles e hoje talvez sejam os maiores grupos informais de marcha/corrida do Algarve. Dois homens dignos dos maiores elogios pelo que têm dado em prol do exercício físico no Algarve e pela contribuição que têm dado para a longevidade dos sofás que temos em casa, para grande pena dos Ikeias desta província.
Hoje correu-se e marchou-se por Faro, enfrentou-se o prémio da montanha da Estracinha Funda, desceu-se a avenida do Liceu, admirou-se as iluminações de Natal da Rua de Sto António e estacionámos no Largo de S. Francisco. 
O Pegadas à 4ª Feira esteve presente e bem neste evento de 6ª feira e o Corridas esteve bem neste regresso à cidade capital. Pena foi a chuva que o céu derramou antes da corrida e que prendeu em casa muitos incrédulos na acalmia que se verificou durante toda a corrida. 
Vejam as fotos AQUI.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

PRÓXIMA MARCHA DO CALENDÁRIO REGIONAL - ALBUFEIRA - 17-12-2017


CALENDÁRIO REGIONAL DE MARCHA E CORRIDA 
DO ALGARVE 2017 / 18
14.ª JORNADA - ALBUFEIRA
O Natal aproxima-se a passos largos e nada melhor do que celebrar o espírito natalício na companhia dos "amigos das caminhadas". Junta-te a nós neste evento.
MARCHA CORRIDA DO PAI NATAL - ALBUFEIRA. 17 de dezembro (domingo) pelas 10h, com concentração no Mercado Municipal dos Caliços. 
De forma a facilitar a logística da atividade, apelamos para que façam a vossa inscrição até 5ª feira (14 Dezembro), caso estejam interessados em participar. Para mais informações e inscrições utilizem o telefone - 289599505 ou o email - desporto@cm-albufeira.pt. Até lá, pratiquem exercício pela vossa saúde.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

CORRIDAS À 6ª FEIRA - FARO, PEGADAS À 4ª FEIRA - 12-12-2017

Evento: 228º
Data: 15.12.2017
Local: Faro
Grau dificuldade: FÁCIL
Ponto de encontro: No Bar "O Castelo", na Cidade Velha
Estacionamento: No Largo de São Francisco
Latitude: 37° 0'42.84"N
Longitude: 7°56'3.17"W
Luz: é FUNDAMENTAL!!!!!!! (leia-se: obrigatório)
Colete refletor: é FUNDAMENTAL
Vai haver 2 percursos, de 8km e 10km, com grau de dificuldade FÁCIL em termos de acumulado de subida.
Os percursos vão estar sinalizados nos cruzamentos com fitas, placas, marcações no chão e coisas a brilhar. Desde que se preste atenção nesses locais, será fácil seguir o percurso correcto.
TODOS DEVEM LEVAR UM MEIO DE ILUMINAÇÃO (leia-se "obrigatório")
Praticamente todo o percurso se desenrola em zona não iluminada, por isso é FUNDAMENTAL que cada participante leve lanterna ou foco na cabeça.
CARROS E COLETES REFLECTORES:
Ambos os percursos passam ao longo de uma estrada que se prevê que tenha pouco ou nenhum trânsito. De qualquer forma, garantir a segurança nunca é demais. GARANTAM QUE SÃO VISTOS!
Ninguém irá caminhar ou correr sozinho. É garantia que ficará sempre alguém a acompanhar aquele(s) que forem mais lento(s). Repetimos, ninguém irá correr sozinho;
Este é um evento aberto a todos os que queiram fazer exercício físico num local e hora onde normalmente não se atreveriam a ir sozinhos. Por isso, nada de receios em enfrentar esta distância. Repito, ninguém irá correr sozinho;
Quem quiser é livre de trazer algo comestível ou bebível para partilhar e encerrar o evento em grande convívio;
Todas as sugestões são bem-vindas. Participem, divulguem e desfrutem destes eventos.
(Luís Santos)

domingo, 10 de dezembro de 2017

MARCHA DE ALVOR - 10-12-2017

A vila de Alvor recebeu-nos, mais uma vez, de forma condigna. Marcha com um percurso idêntico ao de anos anteriores mas desta vez com sentido inverso ao que estávamos habituados. Desta vez começámos a marcha pelo belíssimo passadiço de madeira o que não nos pareceu uma opção muito feliz. A entrada estreita do passadiço provocou um enorme estrangulamento, visto que a marcha de hoje mereceu a presença de muitas centenas de pessoas.
Quanto ao resto, desde o brilhante aquecimento inicial do Pedro, à mobilização de 35 voluntários (10 escoteiros e 15 alunos da escola de desporto) tudo decorreu sobre rodas e, mais uma vez, foi um prazer visitar aquela localidade.
Presentes autocarros de Albufeira, Aljezur, Faro, Loulé (2), Monchique, Olhão, São Brás de Alportel, Silves (2) e Tavira.
Vejam as fotos AQUI.