terça-feira, 31 de dezembro de 2013

ANO NOVO - UM POUCO DE HISTÓRIA


Você sabia que o ano novo se consolidou na maioria dos países há 500 anos? Desde os calendários babilónicos (2.800 a.C.) até ao calendário gregoriano, o réveillon mudou muitas vezes de data.
A primeira comemoração, chamada de "Festival de ano novo" ocorreu na Mesopotâmia por volta de 2.000 a.C. Na Babilónia, a festa começava por ocasião da lua nova indicando o equinócio da primavera, ou seja, um dos momentos em que o Sol se aproxima da linha do Equador e em que os dias e noites tem a mesma duração.
No calendário actual, isto ocorre em meados de Março (mais precisamente em 19 de março).
Os assírios, persas, fenícios e egípcios comemoravam o ano novo no mês de Setembro (dia 23). Já os gregos, celebravam o início de um novo ciclo entre os dias 21 ou 22 do mês de Dezembro.
Os romanos foram os primeiros a estabelecerem um dia no calendário para a comemoração desta grande festa (753 a.C. - 476 d.C.) O ano começava em 1 de Março, mas foi trocado em 153 a.C. para 1 de janeiro e mantido no calendário juliano, adotado em 46 a.C. Em 1582 a Igreja consolidou a comemoração, quando adoptou o calendário gregoriano.
Alguns povos e países comemoram o ano novo em datas diferentes. Ainda hoje, na China, a festa da passagem do ano começa em fins de Janeiro ou princípio de Fevereiro. Durante os festejos, os chineses realizam desfiles e espectáculos pirotécnicos. No Japão, o ano novo é comemorado do dia 1 de janeiro ao dia 3 de janeiro.
A comunidade judaica tem um calendário próprio e a sua festa de ano novo ou Rosh Hashaná, (a festa das trombetas), dura dois dias do mês Tishrê, que ocorre em meados de Setembro ao início de Outubro do calendário gregoriano. Para os islâmicos, o ano novo é celebrado em meados de Maio, marcando um novo início. A contagem corresponde ao aniversário da Hégira (em árabe, emigração), cujo ano zero corresponde ao nosso ano de 622, pois nesta ocasião, o profeta Maomé, deixou a cidade de Meca estabelecendo-se em Medina.
A passagem de Ano Novo é o fim de um ciclo, início de outro. É um momento sempre cheio de promessas. E os rituais alimentam os nossos sonhos e dão vida às nossas celebrações. Na passagem de Ano Novo, não podemos deixar de aproveitar a oportunidade para enchermos o coração de esperança e começar tudo de novo. E para que a festa corra muito bem, há algumas tradições e rituais que não podemos esquecer.
-Fogos e barulho - No mundo inteiro o Ano Novo começa entre fogos de artifício, buzinadelas, apitos e gritos de alegria. A tradição é muito antiga e, dizem, serve para espantar os maus espíritos. As pessoas reúnem-se para celebrar a festa com muitos abraços.
-Roupa nova - Vestir uma peça de roupa que nunca tenha sido usada combina com o espírito de renovação do Ano Novo. O costume é universal e aparece em várias versões, como trocar os lençóis da cama e usar uma peça de roupa interior nova.

Tradições Portuguesas:

As pessoas valorizam muito a festa de Ano Novo, porque sentem o desejo de se renovar. Uma das nossas tradições é sair às janelas batendo panelas para festejar a chegada do novo ano. Nos dias 25 de Dezembro e 1 de Janeiro, costumamos comer uma mistura feita com as sobras das ceias, que são levadas ao forno. O ingrediente principal da chamada “Roupa Velha” é o bacalhau cozido, com ovos, cebola e batatas, regados a azeite.
Para as superstições, comer 12 passas durante as 12 badaladas na virada do ano traz muita sorte, assim como subir a uma cadeira com uma nota (dinheiro) em uma das mãos. Em várias zonas do litoral, há pessoas que mesmo no frio do Inverno conseguem entrar na água e saudar o Ano Novo.

domingo, 29 de dezembro de 2013

MARCHA DE BARÃO DE S. JOÃO



Como todos sabem, as nossas marchas já atingiram a maturidade que os 26 anos de idade lhes conferiu. Há organizações excelentes, outras boas, outras suficientes, mas todas esforçadas e bem intencionadas. Umas querem e não podem e outras podem e não querem. Para as primeiras vai toda a nossa simpatia, para as segundas o nosso lamento.
A marcha de hoje valeu pelo extraordinário percurso. E mais não digo.
Presentes somente um pequeno autocarro da Junta de Freguesia de Porches.  Só nos resta esperar que o ano novo traga algum bom senso aos Presidentes da Câmara de todos os municípios do Algarve.
E por aqui me fico, porque não me apetece empregar termos que possam agredir alguns ouvidos mais sensíveis.
Restantes fotos AQUI.

sábado, 28 de dezembro de 2013

DESEJO DO DIA....HUM!


"Desejo-te. Quero levar-te para a cama. Quero fazer você suar, tremer. Quero ver você a delirar. Estou à tua espera!"
Assinado: A gripe.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

MARCHA DO BARÃO DE S.JOÃO

Surgiram algumas dúvidas sobre a realização, no próximo domingo da marcha do Barão de S.João. Esta marcha não estava incluída no calendário que inicialmente foi divulgado. Daí algumas dúvidas de alguns marchantes. Confirmamos que a marcha se vai realizar no próximo domingo, dia 29, conforme pode ser lido no "site" da Junta de Freguesia AQUI. Outras alterações que foram efectuadas e que devem considerar: dia 9 de Março há duas marchas, em Quelfes e em Vaqueiros; dia 20 de Abril há marcha em Santa Bárbara de Nexe.
Tenho alguns calendários actualizados (poucos) que posso entregar no domingo a quem me pedir.

PRÓXIMA MARCHA - BARÃO DE S. JOÃO


 A próxima marcha é organizada pela Junta de Freguesia do Barão de S. João, com concentração no seu Centro Cultural. No calendário anterior esta marcha realizou-se no dia do trabalhador, 1 de Maio, quarta-feira. Como foi a meio da semana só estiveram presentes cerca de 50 marchantes. Na altura fizemos um apelo aqui no nosso blogue, para que a marcha desta época se realizasse a um domingo e que se repetisse o mesmo percurso. E porquê? Para que muitos mais beneficiassem da simpatia da organização e do extraordinário percurso que nos foi apresentado. A passagem pela Mata Nacional, pelo parque das merendas, pelas esculturas do Deodato, foi algo que nos ficou na retina e que desejamos revisitar outra vez. Vamos ver se as minhas preces são ouvidas, no que respeita ao percurso, já que, na calendarização para um domingo, o nosso desejo foi satisfeito.
Fica em cima, para recordar, uma composição com as esculturas do Deodato feita quando da última marcha.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

OS MILAGRES AINDA EXISTEM

Uma senhora levou a filha, de 17 anos, ao médico.
 A menina andava com vómitos, tonturas e tinha perdido o apetite.
 O médico examinou a moça, fez exames e concluiu:
 - Minha senhora, a sua filha está grávida de 3 meses.
 - A minha filha, doutor? - assustou-se a mãe. Ela nunca esteve sozinha com um homem. Não é verdade, Carla Vanessa?
 - Sim - disse a filha - eu jamais me deitei com um homem. Eu até nunca beijei um homem.
 - O médico, pacientemente, tirou da gaveta um par de binóculos, aproximou-se da janela e ficou calado, a olhar para o infinito.
 Passados vários minutos, a mãe da Carla, admirada, pergunta ao médico:
 - Doutor, o que é que o senhor está fazendo?
Ao que o médico respondeu:
- Minha senhora, da última vez em que isto ocorreu, nasceu uma estrela no Oriente e chegaram três reis magos. Desta vez eu não vou perder o espectáculo, mas de jeito nenhum!

domingo, 22 de dezembro de 2013

CHANTAGEM DE NATAL


Em meados de Dezembro o Joãozinho resolve escrever uma carta ao Pai Natal:
"Querido Pai Natal, fui um bom menino durante todo o ano. Gostaria de ganhar uma bicicleta."
O Joãozinho olha para o texto e, insatisfeito, deita fora a folha e escreve novamente:
"Pai Natal, fui um bom menino durante a última semana. Por favor manda-me uma bicicleta."
Novamente o texto não o satisfaz. Pensa um pouco, vai até ao presépio, pega no Menino Jesus, tranca-o numa gaveta e volta a escrever:
"Virgem Maria, sequestrei o teu filho. Se quiseres vê-lo novamente, manda-me uma bicicleta."

sábado, 21 de dezembro de 2013

PERGUNTA DE NATAL

O que é que um cão diz a outro quando volta de uma árvore de Natal toda iluminada?
-Finalmente colocaram luz na casa de banho.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

NATAL MODERNO


 
Uma menina, passeando no Forum Algarve, sentou-se no colo do Pai Natal, que lhe faz a pergunta habitual:
-O que é que você quer de presente no Natal?
A menina, com ar de espanto, horrorizada por alguns segundos, responde:
-VOCÊ NÃO RECEBEU O MEU EMAIL?

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

TERROR NO NATAL

Este ano não há presépio de Natal porque:
-A vaca da economia está mais louca que nunca.
-Os Reis Magos ficaram presos na Síria.
-O burro foi nomeado Primeiro Ministro.
-Maria foi pedir o rendimento mínimo e o José foi para o fundo de desemprego.
-Um fiscal da ASAE fechou a manjedoura por falta de condições higiénicas.
-Por fim, um juiz do tribunal de menores mandou entregar o Menino Jesus ao pai biológico.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

CANCELAMENTO DA MARCHA DE VALE SILVES

Como é já do conhecimento de quase todos, a marcha que estava agendada para o próximo domingo em Vale Silves, foi cancelada por iniciativa dos organizadores, o Centro Social e Comunitário de Vale Silves. Independentemente das razões que poderão justificar esta decisão, que desconhecemos, não podemos deixar de lamentar que uma marcha calendarizada em devido tempo, possa ser anulada, prejudicando centenas de marchantes e prejudicando também um calendário regional que se sabe não ser fácil de elaborar. É que esta data poderia ser preenchida por outras organizações, talvez mais responsáveis, que se candidataram e não tiveram possibilidade de ser contempladas.
Nós vamos marchar certamente, sem o enorme prazer da vossa companhia, sozinhos, em qualquer lugar, nem que seja à volta de casa. O reencontro será no Barão de S. João, numa das mais belas marchas do calendário, local ideal para terminar o ano em beleza.
 
Justifica-se o triste soneto "Lágrimas Ocultas" de Florbela Espanca:
Se me ponho a cismar em outras eras
Em que ri e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi outras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida...

E a minha triste boca dolorida
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida!

E fico, pensativa, olhando o vago...
Toma a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim...

E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

MARCHANTES DA SEMANA

São a Octávia Tomás e a Cidália Domingos e são da Tor, no concelho de Loulé.

domingo, 15 de dezembro de 2013

MARCHA DE ALBUFEIRA




A Vila Branca em Mar Azul, amanheceu radiante para receber os marchantes. O sol brilhava realçando o esplendor daquela que é a mais turística localidade de Portugal. Para quem conheceu a típica aldeia de pescadores dos anos 60, 70 e mesmo 80, fica hoje surpreendido pelo crescimento que esta, hoje cidade, teve. Onde era mato e descampado hoje há ruas, aldeamentos, lojas, bares. Já não se sabe onde começam as Areias de S. João, Albufeira, os Caliços, Montechoro, Praia da Oura, Sta Eulália.
A marcha de hoje, com um percurso citadino, permitiu-nos passar por locais anteriormente desertos, hoje pejados de casas e de centenas de lojas com os negócios mais diversos. A antiga pastelaria "Martinique" fundada nos anos 70, no meio do deserto (loucura do proprietário, mas de sucesso estrondoso) hoje está rodeada por hotéis e aldeamentos.
Hoje estiveram presentes autocarros de Faro, Olhão, Aljezur, Alcoutim, Monchique, S. Brás de Alportel e da Universidade do Algarve.
Restantes fotos AQUI.

sábado, 14 de dezembro de 2013

PENSAMENTO DO DIA


As mulheres só não dominaram o mundo porque ainda estão tentando decidir a roupa certa para a ocasião.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

HOJE É DIA DE FESTA


Como é dia do 4º aniversário do nosso blog, permito-me, sem falsas modéstias e em estreia mundial (ihihih!), colocar aqui, pela primeira vez, finalmente, a mão (ou a careca) escondida atrás da máquina, ou do arbusto. Pois é, já andamos nestas lides blogueiras há 4 anos.  São 1.555 mensagens, milhares de fotografias e 64.464 visitas. Nada mal para um blog cujo raio de acção se restringe às nossas marchas.
(Oportuna e bela foto do Mário Gonçalves).

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

NO ALENTEJO

A SAPIÊNCIA DE UM POVO INVEJADO. . .
Um lisboeta vai ao consultório de um conhecido psicólogo e diz-lhe:
- Todas as vezes que me deito, acho que está alguém debaixo da cama. Nessa altura eu vou para baixo da cama para ver, e acho que há alguém em cima da cama. Para baixo, para cima, para baixo, para cima. Estou a ficar maluco doutor!
- Deixe-me tratar de si durante dois anos - diz o psicólogo. Venha três vezes por semana, e eu curo esse problema.
- E quanto é que eu vou pagar por cada sessão? - pergunta o lisboeta.
- 80 Euros por sessão - responde o psicólogo
- Bem, eu vou pensar - conclui o sujeito.
Passados seis meses, eles encontram-se na rua.
- Então porque não apareceu no meu consultório? - pergunta o psicólogo.
- 80 euros a consulta, três vezes por semana, dois anos = 12.480 euros. Ia ficar-me muito caro. Além disso, falei com um alentejano na minha herdade que me curou por 20 euros.
- Ah é? Como? - pergunta o psicólogo.
O sujeito responde:
- Por 20 euros ele cortou os pés da cama...
Muitas vezes o problema é sério, mas a solução pode ser muito simples. Pense numa solução, em vez de ficar focado no problema.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

PRÓXIMA MARCHA - ALBUFEIRA

Caminhada/Corrida do Pai Natal

2013-12-15
Concentração: Mercado Municipal dos Caliços
10h00
Desporto
Está de regresso o evento desportivo que anima a época natalícia de Albufeira. Cerca de 800 participantes vestidos com as cores do Natal prometem colorir as ruas da cidade, num programa que conjuga a Corrida com a Caminhada. O desafio é de 4 Km para os que pretendem participar apenas pelo convívio e 9 Km para quem está em excelente condição física.
A prova que já faz parte do calendário festivo da Autarquia integra o calendário regional de Marcha-Corrida do IPDJ. A participação está aberta a toda a população e as inscrições podem ser feitas até ao próprio dia do evento.

Informações e inscrições:289 599 505 | desporto@cm-albufeira.pt

domingo, 8 de dezembro de 2013

MARCHA DE ALVOR





Que bela marcha. Tudo bom. O tempo, a Marta e o aquecimento, a organização, o percurso. Passagem ao lado da praia de Alvor, por dentro da localidade, pelo passadiço de acesso à praia. Foi a louvável intenção dos organizadores em mostrar o que têm de melhor. Enfim uma manhã perfeita.
Presentes autocarros de Faro, Aljezur, Monchique, Vila do Bispo, Casa do Povo de Messines e Benafim.
Restantes fotos AQUI.

sábado, 7 de dezembro de 2013

PENSAMENTO DO DIA


Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele.
(Nelson Mandela)

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

NELSON MANDELA

"Percorri esse longo caminho para a liberdade. Tentei não fraquejar; dei passos errados ao longo do percurso. Mas descobri o segredo: que, depois de escalar uma grande montanha, apenas se descobre que há muitas mais montanhas para subir. Parei aqui um pouco para descansar, para deitar uma olhada à vista maravilhosa que me rodeia, para olhar para a distância, de onde vim. Mas posso descansar somente por um momento, porque com a liberdade vêm as responsabilidades - e não me atrevo a demorar-me, pois a minha caminhada ainda não terminou".

MARCHANDO E RINDO

Um casal de velhinhos entra no McDonald’s e pede um lanche, um pacotinho de batatas fritas, um copo de refrigerante e um copo vazio a mais.
Quando a comida chega, o velho reparte o lanche exatamente ao meio, divide o pacote de batatas exatamente ao meio, contando uma por uma, e divide o refrigerante em dois copos. O velho começa a comer o seu lanche, enquanto a velhinha fica apenas olhando.
Um homem, muito comovido com a cena, pergunta:
-Como pode um casal como vocês dividir um lanche tão pequeno? Se quiserem, eu compro mais um lanche para vocês com o meu dinheiro.
O velhinho responde, de boca cheia:
-Não, não precisa, eu e minha mulher já estamos acostumados a dividir as coisas.
-Então está bem.
O homem repara um detalhe e, só por curiosidade, resolve fazer mais uma pergunta:
-E você, minha senhora, não vai comer sua metade do lanche?
-Ah! não, não. Agora é a vez do meu marido usar a dentadura.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

TEORIA GERAL DA ESTÚPIDEZ


Nos tempos que correm em que a estupidez grassa pela sociedade e é uma característica comum a muitos que nos fazem a vida negra, é oportuno recordar um historiador internacionalmente conhecido que se dedicou à história económica: Carlo M Cipolla.
No seu livro “Allegro, ma non troppo”,  ele afirma, com algum humor, que todos os seres sofrem, ao longo da sua vida, de doses elevadas de adversidades, frustrações e penas, causadas por outros seres que com eles convivem. Esses seres não estão organizados em grupos, existem por aí e são simplesmente estúpidos. Foi a partir desta premissa que Cipolla definiu as Leis Fundamentais da Estupidez.
1ª Lei: “Sempre e inevitavelmente cada um de nós subavalia o número de indivíduos estúpidos em circulação”.
Segundo Cipolla a frase “os homens nascem livres e iguais em direitos” está errada, porque há seres estúpidos e outros que não o são, e distribuem-se, igualmente, por todas as classes sociais, por burgueses, proletários, ricos, pobres, ignorantes ou cultos e não há mais estúpidos em Portugal do que nos Estados Unidos. Igualmente a estupidez existe em igual proporção, tanto, por exemplo, nos contínuos da Universidade como nos professores catedráticos. Este pensamento permitiu a Cipolla elaborar a:
2ª Lei: “A probabilidade de que certa pessoa seja estúpida é independente de qualquer outra característica da mesma pessoa”.
Carlo Cipolla, conforme o comportamento humano divide as pessoas em quatro categorias:
1-O independente, aquele que, na relação com os outros, lhes oferece um ganho ao mesmo tempo que provoca uma perda para si próprio.
2-O bandido, aquele que provoca um ganho para si igual à perda que provoca nos outros.
3-O inteligente, aquele que obtém uma vantagem para si e igual vantagem para os outros.
4-O estúpido, aquele que causa danos aos outros e danos a si próprio.
Compreender os três primeiros não é difícil, mas entender os estúpidos é tarefa algo surreal e impossível. Daqui deriva a:
3ª Lei: "Uma pessoa estúpida é uma pessoa que causa dano a uma outra pessoa ou grupo de pessoas, sem em contrapartida realizar alguma vantagem para si própria, ou, inclusivamente, sofrendo uma perda”.
O estranho é que o imprudente, o bandido ou  o inteligente, não conseguem reconhecer o poder devastador da estupidez humana. O comportamento dos estúpidos torna imprevisível o desenrolar das acções com a consequente perca e sacrifício dos outros.
Assim, vejamos a:
4ª Lei: “As pessoas não estúpidas subavaliam sempre o potencial nocivo das pessoas estúpidas. Em particular os não estúpidos esquecem que em qualquer momento e lugar, e em qualquer circunstância, pactuar ou associar-se com indivíduos estúpidos acaba por significar um erro com custos elevadíssimos”.
A última Lei deriva desta:
5ª Lei: “O estúpido é a pessoa mais perigosa que existe”.
Sendo assim, o estúpido é mais perigoso que o bandido. O bandido obtém ganhos na exacta proporção das perdas que causa aos outros, e o estúpido não obtendo qualquer ganho ainda provoca perdas aos outros. Os estúpidos são portanto um enorme perigo para a civilização e se adquirirem preponderância na sociedade irão, a prazo, provocar a sua decadência.
O maior problema reside no poder político. Os estúpidos também sonham em alcandorar-se aos mais altos cargos das chefias políticas. Da primeira Lei deriva que, entre os nossos governantes, os parlamentares, os autarcas, os militares, os bispos, etc. existe a respectiva quota parte de estúpidos. Ocupando estes lugares, passam a ter uma capacidade infinitamente maior de influenciar, prejudicando todos os outros.
Chegando a esta conclusão Cipolla pergunta: “Como é que tanta gente estúpida consegue lugares de poder?”. Através de eleições, claro. Os estúpidos têm aí a oportunidade única de votando estupidamente, perpectuar o seu grupo no poder.
Tudo isto dá que pensar. É divertida a teoria? É, mas talvez não seja de todo errada.
(foto acima de Carlo Cipolla)

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

PRÓXIMA MARCHA - ALVOR

Organização: Câmara Municipal de Portimão
Concentração: Complexo Desportivo
Segundo alguns historiadores Alvor teria sido fundada em 436 A.C. (antes de Cristo) pelo cartaginês Anibal Barca, como entreposto comercial, denominado à época de Portus Hannibalis. Há vestígios arqueológicos que provam a passagem e estadia dos romanos e árabes  na zona, com a consequente atribuição do nome Albur, por estes últimos.
Foi ali construído, ao tempo, um castelo de que restam ainda alguns vestígios, castelo esse conquistado por D. Sancho I em 1189, perdido e reconquistado novamente em 1250.
Foi em Alvor que morreu o rei D. João II, no palacete de Álvaro Ataíde, na rua do Poço. O rei estava no Algarve para usufruir das águas medicinais de Monchique que, pelos vistos, não foram suficientes para a sua salvação.
Também a localidade não foi salva pelo terramoto de 1755 que, ao originar um gigantesco maremoto, arrasou tudo o que estava de pé, castelo incluído. Mas como tudo o que cai se pode levantar, Alvor foi reconstruida e elevada a vila em 1988 e hoje é aquela simpatiquíssima vila, um misto de piscatória e turística sempre interessante de visitar.
Algumas praias da zona: Vau, Prainha, Três Irmãos, Torralta e Alvor.
(Foto da marcha do ano passado).

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

MARCHANTES DA SEMANA

Vieram de Albufeira e são a Tunde (romena) a Laura e a mãe Carene, três pequenas bem dispostas e muito simpáticas.

domingo, 1 de dezembro de 2013

MARCHA DO CARVOEIRO




Mais uma e esta foi nesse presépio chamado Carvoeiro, localidade turística de uma beleza estonteante. Marcha com 8,4 km com um percurso diferente de anos anteriores e que pretendeu mostrar o que a localidade tem de belo.
A marcação com setas desenhadas no pavimento, fez com que, alguns mais distraídos, se perdessem o que é sempre aborrecido. Recomenda-se, para o futuro, a colocação de setas em pequenos postes em posição vertical.
Presentes autocarros de Faro, Olhão, Lagoa e Benafim (Loulé). Continuamos na miséria, o que é uma pena. Fica, contudo, a boa vontade do vereador de Lagoa que nos prometeu estudar o assunto.
Restantes fotos AQUI.