quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

ESCALDÃO

O Maneli, alentejano de gema, adormeceu na praia sob um sol escaldante e sofreu graves queimaduras nas pernas. Foi transportado, de urgência, para o hospital de Beja, com a pele completamente vermelha, cheia de bolhas e com dores horríveis. Qualquer coisa que lhe tocasse na pele provocava gritos de dor que ecoavam por todo o hospital.
O médico, um alentejano de Serpa, foi ver o Maneli e prescreveu que lhe fosse administrado soro, por via intravenosa, um sedativo leve e 3 comprimidos de Viagra de 8 em 8 horas.
A Antonieta, a enfermeira de serviço também ela alentejana, da Vidigueira, de boca aberta de espanto, perguntou:
-Oh, Doutori, vomecê desculpe…mas vomecê receitou Viagra?
Responde o médico:
-Si senhora, recetê Viagra e muito bem.
A Antonieta volta a perguntar:
-Mas atão pra que serve ao Maneli o Viagra nas condições em quele tá?
Ao que o médico respondeu:
-Atão nã se tá memo a veri? É prós lençois nã tocarem nas quemaduras das pernas!

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

PRÓXIMA MARCHA - CASTRO MARIM

"Integrado no Programa Nacional de Marcha e Corrida – Calendário Regional Algarve, 2013-2014, do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P, a Câmara Municipal de Castro Marim realiza, dia 02 de fevereiro, às 10h00 da manhã, uma Marcha Corrida em Castro Marim. 

A concentração dos participantes da Marcha Corrida far-se-á no Pavilhão Municipal de Castro Marim, pelas 09h30, seguindo-se para a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim/Vila Real de Santo António, espaço aprazível e de grande singularidade, na observação da avifauna.
A Marcha, que se enquadra no programa da atividade física desportiva municipal, dispõe de dois percursos com diferentes graus de dificuldade: o 1º numa distância de 10 Km e o 2º de 3 Km.

A Marcha Corrida em Castro Marim é organizada pela Unidade Orgânica de Educação, Ação Social, Cultura e Desporto da Autarquia e tem o apoio da Direção Regional do Instituto Português do Desporto e da Juventude, I.D. 

As inscrições podem ser efetuadas até 31 de Janeiro, no Pavilhão Municipal ou através dos telefones 281.510749 e 281.510740".
(Retirado do "site" da Câmara Municipal de Castro Marim).
Esta marcha permite, à semelhança dos anos anteriores, uma visita ao Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, o que, só por isso, justifica a presença de todos. Convém recordar que este sapal, a primeira reserva natural classificada no nosso país, é uma importante zona húmida com os seus sapais uns salgados, outros de água salobra, com salinas e esteiros e é um fantástico abrigo de espécies faunístivas e florísticas.
Em cima fotos da marcha do ano passado.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

domingo, 26 de janeiro de 2014

MARCHA DO PECHÃO





Uma única palavra para definir esta marcha: excelente. Tempo fabuloso, organização perfeita, percurso muito bom (9,2 km), participação numerosa. Até as amendoeiras colaboraram, justificando o título de marcha das amendoeiras em flor. Uma jornada para recordar. 
Presentes autocarros de Tavira (só uma vez por mês sr.presidente da Câmara?), Vila Real de Santo António (autocarro alugado?), Monchique, Faro e Alcoutim (uma vez por mês sr presidente?).
Restantes fotos AQUI.

sábado, 25 de janeiro de 2014

RAPIDINHA

"Sinto você me chupando, o seu gemido me enlouquece. Procuro o teu corpo e não acho. Acendo a luz. Agora é que te apanho mosquito desgraçado!"

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

É PRECISO É CALMA

Entra um senhor, desesperado, na farmácia e grita:
- Rápido, dê-me algo para a diarreia. Muito urgente!
O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e dá-lhe o remédio errado: um remédio para os nervos. O senhor, com muita pressa, pega o remédio e vai embora.
Horas depois, o senhor que estava com diarreia  entra pela farmácia e o farmacêutico, nervoso, diz-lhe:
- Mil desculpas senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, ao invés do remédio para a diarreia. Como o senhor se está sentindo?
O senhor responde:
- Cagado... mas muito tranquilo.
Moral da História:
"POR MAIS DESESPERADORA QUE SEJA A SITUAÇÃO, SE ESTIVER CALMO, AS COISAS SERÃO VISTAS DE OUTRA MANEIRA".

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

PRÓXIMA MARCHA - PECHÃO


Organização da Junta de Freguesia de Pechão.
"A XI edição da marcha-corrida de Pechão “Amendoeiras em Flor” acontece mais uma vez no próximo dia 26 de Janeiro, domingo, a partir das 10h00, com concentração junto ao Polidesportivo de Pechão.
A iniciativa, organizada pela Junta de Freguesia de Pechão e que conta com o apoio do Município de Olhão, contempla dois trajetos, ambos pelos campos verdejantes e junto das belas amendoeiras que nesta época se encontram floridas. Um dos percursos tem 5 quilómetros e o outro nove quilómetros, que podem ser escolhidos pelos participantes.
A concentração dos desportistas começa às 09h30, seguindo-se às 09h45 o habitual aquecimento e às 10h00 dá-se a partida para a marcha-corrida. Este evento de incentivo à prática desportiva e ao convívio entre gerações, está integrado no programa regional de marcha-corrida do IPDJ Algarve".
(texto retirado da net).
Foto da marcha do ano passado.

domingo, 19 de janeiro de 2014

MARCHA DO CHINICATO (UNIÃO DE FREGUESIAS DE LAGOS)




O executivo da Associação de Freguesias de Lagos, esteve presente na sua quase totalidade para nos proporcionar uma boa organização. Apesar da falta de experiência nestas lides (o executivo tem pouco tempo de actividade e, a recente reforma administrativa, criou esta nova freguesia por junção de S.Sebastião e Sta Maria), conseguiram, com grande dedicação e enorme simpatia, fazer-nos sentir que éramos bem vindos e ficarmos com vontade de voltar. Obrigado pelo esforço e pela companhia do Presidente que marchou também ao nosso lado. A chuva deu um ar da sua graça, mas nem ela estragou o bom ambiente vivido.
Presentes autocarros de Faro, Lagos, Aljezur e S. Brás de Alportel e Universidade do Algarve.
Restantes fotos AQUI.

sábado, 18 de janeiro de 2014

PENSAMENTO DO DIA

Quando você sair de casa e um pombo fizer cocó na sua cabeça, agradeça a Deus por as vacas não voarem.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

VINTE ANOS DE CASTIGO

Uma mulher acorda durante a noite e constata que o marido não está na cama. Veste o robe e desce para ver onde ele está.
Encontra-o na cozinha, sentado, meditativo, diante de uma chávena de café. Parece consternado, olhar fixo na chávena e uma lágrima deslizando-lhe pela face.
-O que é que se passa, querido?
O marido levanta os olhos e pergunta-lhe solenemente:

-Lembras-te, há 20 anos, quando saímos juntos pela primeira vez? Tu tinhas apenas 16 anos.
-Sim, lembro-me como se fosse hoje - responde ela.
O marido faz uma pausa. As palavras custam a sair.

-Lembras-te quando o teu pai nos surpreendeu enquanto fazíamos amor no banco de trás do carro?
-Sim, lembro-me perfeitamente - diz a mulher sentando-se ao seu lado.
O marido continua.

-Lembras-te quando ele apontou uma arma à minha cabeça dizendo: “ou casas com a minha filha, ou mando-te para cadeia por 20 anos”.
-Lembro, lembro - responde-lhe ela docemente.
Ele limpa mais uma lágrima e diz:

-É que hoje eu sairia em Liberdade!

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

PRÓXIMA MARCHA - S. SEBASTIÃO, LAGOS


Marcha organizada pela freguesia denominada, depois da fusão das Freguesias de S. Sebastião e Santa Maria, de União das Freguesias de Lagos. O local de concentração é o Edifício Multifunções do Chinicato. Para quem não sabe, o Chinicato fica situado na nacional 125, antes de Lagos e logo a seguir a Odeáxere. O Edifício Multinfunções fica situado ligeiramente a norte da localidade e para quem vem no sentido Faro/Lagos deve voltar à direita logo à entrada do Chinicato. Coordenadas para GPS: 37º 08' N e 8º 40' O. Para quem se desloca na Via do Infante deve sair na saída nº 2.
Não tenho memória de alguma vez tenha sido realizada qualquer marcha nesta localidade (as desculpas se estiver errado) pelo que a novidade é sempre excitante. 
Tenhamos esperança que a junção das freguesias não tenha retirado eficiência à qualidade da organização.
Lá estaremos.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

domingo, 12 de janeiro de 2014

MARCHA DE ESTOMBAR





Foi mais uma marcha muito agradável, pelo percurso, pelo maravilhoso local da partida, pela excelente organização e pela simpatia dos organizadores. No final alguns dos marchantes ficaram por ali, no parque das merendas, a recuperar do esforço despendido, acomodando nos delicados estomagos, os alimentos que tão inteligentemente trouxeram de casa. E fizeram muito bem, que a paisagem é convidativa.
Presentes autocarros de Faro, Olhão, Lagos, Monchique e Albufeira. Esta última constituiu uma pequena surpresa, dado que, desde há muito primava pela ausência. No entanto, segundo me informaram, parece que no futuro só estarão presentes uma vez por mês. Caríssimo Sr. Presidente da Câmara Municipal Dr.Carlos Silva e Sousa: o senhor que sempre foi uma simpatia, que sempre me pareceu ser um homem preocupado com os outros, não acha que é muito pouco para a cidade capital do turismo? Ora reveja, por favor, a sua posição e arranje lá uma solução para a boa gente do seu concelho.
Restantes fotos AQUI.

sábado, 11 de janeiro de 2014

PENSAMENTO DO DIA

Nos tempos que correm cada dia que passa sobra mais mês no fim do dinheiro.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

MARCHANDO E RINDO


O velho acaba de morrer.
O padre, no velório, rasga-se em elogios:
- O finado era um óptimo marido, um excelente cristão, um pai exemplar!
A viúva, vira-se para o filho e diz-lhe ao ouvido:
- Vai até ao caixão e vê se é mesmo o teu pai que está lá dentro…

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

MATEMÁTICA


Ora vamos lá a uma lição de matemática:

Um sinal de trânsito muda de cor em média a cada 30 segundos (trinta segundos no vermelho e trinta no verde). Então, a cada minuto um mendigo tem 30 segundos para pedir a 5 motoristas  e receber pelo menos de dois deles € 0,20 e facturar em média pelo menos € 0,40 o que numa hora dará: 60 x 0,40 =  €24,00.
Se ele trabalhar 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá  facturado: 25 x 8 x € 24,00 = € 4.800,00.
Será que esta é uma conta irreal?
Bom, 24 euros por hora é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa nunca dá somente 20 cêntimos e sim 30, 50 e às  vezes até 1 euro.
Mas, tudo bem, se ele facturar somente metade: € 12,00 por hora terá € 2.400,00 no final do mês.
Ainda assim, quando ele consegue uma moeda de  €1,00 (o que não é raro), ele até pode descansar tranquilamente debaixo de uma árvore por mais 9 viradas do sinal de trânsito, sem nenhum chefe para o censurar por causa disso.
Mas considerando que é apenas teoria, vamos ao mundo real.
De posse destes dados entrevistou-se uma mulher que pede esmolas.  Foi-lhe perguntado quanto ela facturava por dia. Imaginem o que ela respondeu?
É isso mesmo, de 120 a 150 euros em média o que dá 25 (dias por mês) x 120 = 3.000  e ela disse que  não mendiga 8 horas por dia.
Moral da História :
É melhor ser mendigo do que estagiário (e muito menos PROFESSOR), e pelos vistos, ser estagiário e professor, é pior que ser mendigo...
Esforce-se  como mendigo e ganhe mais do que um estagiário ou um professor.
Estude a vida toda e peça esmolas; é mais fácil e melhor que encontrar emprego.
E lembre-se :
Um mendigo não paga 1/3 do que ganha para sustentar o bando de malandros que só nos lixam a vida.
Viva a Matemática.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

PRÓXIMA MARCHA - ESTOMBAR

É a habitual marcha de Estombar no Sítio das Fontes,  Parque Municipal  das Fontes ou Fontes de Estombar. É um local situado na margem esquerda do Rio Arade, um vasto ecossistema com uma área de 18ha, vocacionada para piqueniques. Como elementos importantes salienta-se a existência de um moinho da maré, uma casa algarvia reconstruida, um anfiteatro ao ar livre e um percurso pedestre para a prática de exercício físico. Esta zona possui um património valioso do ponto de vista histórico-cultural, encontrando-se ali vestígios de actividades humanas de tempos remotos, sendo de distinguir os dois moinhos de água.
Interessante, também, visitar os numerosos e fartos nascentes de água e apreciar a denominada lagoa onde se pode tomar banho. É um local paradisíaco em que o contacto com a natureza é um dos seus pontos fortes.
Composição acima da marcha do ano passado.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

domingo, 5 de janeiro de 2014

MARCHA DE ALGOZ




Começámos bem o ano de 2014. A marcha do Algoz foi o que se esperava. Organização perfeita, simpatia a rodos, música para animar, uma boa colaboração do grupo de BTT de Algoz e o final apoteótico com oferta de chá, café e umas deliciosas fatias de pão de laranja barradas com um saboroso doce de ananás, confeccionadas pela Casa dos Avós do Algoz (obrigado avós, para o ano queremos mais). Até o aquecimento da nossa querida amiga Rosinda, muito sui generis, contribuiu para a boa disposição reinante até ao final, como se prova pela última foto que publicamos acima. A passagem por Tunes e pela frente do edifício da antiga Junta de Freguesia de Tunes, com música a saudar a nossa passagem, foi algo muito simpático, o que revela que a actual Associação de Freguesias de Algoz e Tunes, está bem e se recomenda.
Presentes autocarros de Faro, Olhão, Aljezur e S. Brás de Alportel.
Restantes fotos AQUI.

sábado, 4 de janeiro de 2014

INJUSTIÇA


Quando a nossa mulher fica grávida, todos afagam a barriga dela e dizem "parabéns". Mas ninguém apalpa no meio das nossas pernas e diz "bom trabalho".

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

CUIDADO COM AS CÓPIAS



Um jovem noviço chegou ao mosteiro e deram-lhe a tarefa de ajudar os outros monges a transcrever os antigos cânones e regras da Igreja. Ficou surpreendeu ao ver que os monges faziam o seu trabalho, copiando a partir de cópias e não dos manuscritos originais.
Foi falar com o velho abade e sugeriu que, se alguém cometesse um erro na primeira cópia, esse erro se propagaria em todas as cópias posteriores. O abade respondeu-lhe que há séculos que faziam assim copiando da cópia anterior, mas que achava pertinente a observação do noviço.
Na manhã seguinte, o abade desceu até às profundezas da cave do mosteiro, onde eram conservados os manuscritos e pergaminhos originais, intocados há muitos séculos.
Passou-se a manhã, a tarde e a noite sem que o abade desse sinal de vida.
Preocupado, o jovem noviço decidiu descer e ver o que estava acontecendo. Encontrou o velho abade completamente descontrolado, com as vestes rasgadas, batendo com a cabeça ensanguentada nos veneráveis muros do mosteiro.
Espantado, o jovem monge perguntou:
- Abade, o que aconteceu?
- Aaaaaaaahhhhhhhhhh!... CARIDADE... era CARIDADE! Eram votos de CARIDADE que tínhamos que fazer... e não de CASTIDADE!

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

PRÓXIMA MARCHA - ALGOZ

Tem sido habitual, nos anos anteriores, a realização da primeira marcha do ano na vila de Algoz. Este ano será organizada pela nova Junta de Freguesia actualmente denominada, por força da reestruturação de freguesias, de União das Freguesias de Algoz e Tunes. Façamos um pouco de história:
Parece que, no Sec. XII, um grupo de guerreiros provenientes do Médio Oriente se teria fixado naquela região. Tal tribo, árabe, denominava-se "Al-Gûzz", dando origem ao actual nome. Há outras explicações para a origem do topónimo mas parece ser esta a mais plausível.
Algoz, livrou-se do domínio árabe, através da conquista de Silves por D. Afonso III, não mais deixando de ser parte integrante de Portugal. Hoje é uma simpática vila do barrocal algarvio, rica na produção de vinho, amêndoas, trigo, figos, azeite, tomates, morangos e em especial de citrinos, sendo esta a cultura dominante.
Foto acima da marcha do ano passado.